Como colaborar com a visibilidade de comunidades que sofrem preconceito?

Oferecer oportunidades de trabalho ou de estudo podem ser uma boa forma de colaborar para uma sociedade mais inclusiva

A inclusão social é o termo utilizado para designar toda e qualquer política de inserção de pessoas excluídas na sociedade. Mas como você pode colaborar para que essa gente, que sofre tanto preconceito, tenha mais visibilidade? Conheça as dicas que a MetLife preparou para você fazer sua parte, contribuindo para um mundo mais igualitário e digno para todos. 

Oferecer oportunidades de trabalho 

Suponha que você tem uma empresa. Já pensou em oferecer oportunidades de trabalho para as pessoas consideradas “excluídas” da nossa sociedade? Existem ótimos profissionais no mercado que só estão esperando uma chance de mostrarem todo o seu potencial e trazerem ótimos resultados para as empresas.

Ofereça vagas para portadores de necessidades especiais, pessoas que já passaram dos 50 anos ou que sofrem qualquer outro tipo de preconceito por causa da orientação sexual, raça, origem ou costumes. Candidatos é que não vão faltar, tendo em vista que milhares de pessoas que se encontram nessa situação, são praticamente “invisíveis” aos olhos da sociedade. Faça a sua parte para que esse problema seja amenizado. 

Indicar oportunidades de estudo

A maioria das pessoas que pertencem às comunidades que sofrem preconceito não tiveram chances de estudar, seja por falta de condições financeiras ou qualquer outro motivo. Que tal investir nessas pessoas oferecendo oportunidades de estudo para elas? Essa pode ser uma grande chance para conseguirem um emprego e não fazer mais parte do time de “excluídos” da nossa sociedade. 

Você pode indicar cursos profissionalizantes ou, se for possível, até financiar os estudos de um grupo de pessoas que você acredita que tenham potencial para se tornarem bons profissionais. Afinal de contas, ajudar alguém a ter uma profissão é um dos caminhos rumo à inclusão social. 

Incentivar programas de melhoria nesses locais

Geralmente, as comunidades que sofrem preconceito na sociedade não dispõe de quase nenhuma infraestrutura de saneamento básico e energia elétrica. Além disso, o índice de doenças nesses locais são altíssimos, devido às precárias condições de higiene de adultos e crianças. 

Diante desse cenário, que tal incentivar programas de melhoria junto ao governo da sua cidade para que essas comunidades ofereçam condições mais dignas para seus moradores? Faça valer a sua voz em prol de pessoas que não tiveram as mesmas oportunidades que você na vida. 

Crie um site para arrecadar doações

Essa também é uma boa ideia para amenizar a exclusão social. Você pode criar um site com o objetivo de arrecadar doações para essas comunidades que sofrem preconceito. E não é só alimentos que entram na lista: móveis, roupas, livros e eletrodomésticos, desde que estejam em bom estado de conservação, podem ser arrecadados e doados. 

Divulgue para todos os seus contatos a sua campanha e peça-os para ajudar você a conseguir doações. Para comprovar a veracidade dos fatos, poste fotos das famílias contempladas no site e divulgue-as nas redes sociais. Com o trabalho em equipe, tudo fica mais fácil.