Universidade

Uma jornada de conhecimento, maturidade e possibilidades

18 de janeiro, dia da Universidade, uma data pouco falada, mas de muita importância!

Entrar em uma universidade é o primeiro passo para uma jornada de conhecimento e experiências únicas. É na universidade que aprendemos e aprofundamos nossos estudos com base na carreira e profissão que escolhemos seguir, são dias incansáveis de trabalho, estágio obrigatório, apresentações, aulas, orientações, atividades, provas, TCC... semestres e mais semestres árduos, mas que no fim valem a pena.

Muito se aprende em uma Universidade, mas não apenas sobre o curso desejado, se aprende sobre responsabilidade, maturidade, e perspectivas diferentes que você leva adiante após sua formação.

Todos os desafios que enfrentamos nessa etapa, fazem com que possamos nos desenvolver ainda mais, somos obrigados a sair da zona de conforto a cada novo desafio, dessa forma uma nova visão de mundo nos é apresentada e com isso, ampliada.

São diversas, as portas que uma Universidade pode abrir para você, o networking é uma das principais, por isso lembre-se sempre de ser o seu melhor com quem o ensina, com a instituição e com os colegas, pois um dia todos podem se cruzar no mercado de trabalho a fora e você poderá tanto ser lembrado de forma negativa, e cortado de um processo seletivo, como pode ser lembrado de forma positiva e receber diversas indicações.

Finalize qualquer ciclo da sua vida, seja estudantil ou profissional, com as portas abertas, pois após sua graduação, uma melhor posição no mercado de trabalho, reconhecimento e oportunidades mais abrangentes aparecerão, mas é o bom relacionamento que faz com que tudo permaneça.

Mas não deixemos os méritos somente para a instituição que foi escolhida para cursar, pois nós quanto alunos passamos anos de estudos dentro de uma sala de aula, laboratórios, bibliotecas, corredores, esperando por uma palavra com o professor para sanar nossas dúvidas, devemos nos valorizar como alunos também, por que se a Universidade faz o aluno, o aluno também faz a instituição, um precisa do outro e assim sucessivamente, o crescimento é mutuo e é sempre compartilhado!