Campanhas, programas e instituições de apoio à mulher que você precisa conhecer

A sociedade está se mobilizando no apoio ao combate à violência contra a mulher. Participe você também

Mesmo em pleno século XXI, ainda nos deparamos com episódios de violência contra as mulheres e casos alarmantes de feminicídio. Mas esse problema, que toma conta de muitos lares brasileiros precisa ser combativo. Por isso, a sociedade, que está bastante sensibilizada, criou diversas campanhas, programas e instituições de apoio aos direitos das mulheres e as vítimas de quaisquer tipos de violência. Conheça os principais através desse artigo que a MetLife elaborou.

Campanha Nacional Justiça pela Paz em Casa

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais resolveu criar essa campanha que tem como objetivo estabelecer a paz em todos os lares brasileiros. Essa iniciativa também visa priorizar a realização de audiências, júris, sentenças que envolvam todos os processos de violência contra a mulher.

O intuito é ter mais agilidade no processamento das ações penais que envolvam a Lei Maria da Penha. A campanha Justiça pela Paz em Casa acontece em todo o Brasil e foi idealizada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), devido ao aumento dos casos de violência contra a mulher em todo o país.

ONU Mulheres

Criada em 2010, a ONU Mulheres  tem o objetivo de unir, fortalecer e ampliar todos os esforços em defesa do direito das mulheres. Essa importante iniciativa partiu do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (UNIFEM).

A ideia é defender todos os direitos das mulheres em especial as negras, indígenas, jovens moradoras da periferia, trabalhadoras domésticas e rurais, que são as que mais sofrem preconceito.

Grupo de apoio: Violência Doméstica

As redes sociais também podem ser uma arma e tanto no combate à violência contra as mulheres. Por isso, para oferecer apoio às vítimas de violência doméstica, duas jornalistas criaram um grupo no Facebook chamado Violência Doméstica

A principal ideia é oferecer um espaço onde essas mulheres possam ser ouvidas, sem qualquer tipo de julgamento e ainda receber orientações. Uma das idealizadoras afirma que o objetivo também é de oferecer um ambiente seguro para as mulheres participantes. Qualquer mulher que se identifique com a situação, pode participar gratuitamente. 

Ligue 180

A central de atendimento à mulher em situação de violência, conhecida como Ligue 180, é um serviço de utilidade pública gratuito e confidencial. Oferecido pela Secretaria Nacional de Políticas desde 2005, o Ligue 180 tem como objetivo o recebimento de denúncias de violência, reclamações sobre o serviço da rede de atendimento à mulher e orientação sobre os seus direitos.

A Central funciona 24 horas e 7 dias por semana, podendo ser acionada de qualquer lugar do Brasil. Ela é a porta de entrada para todos os serviços que integram a rede nacional de proteção à mulher, sob o apoio da Lei Maria da Penha.

Agora faça a sua parte e divulgue esse serviços para todas as pessoas que você conhece!