Até quando a minha ambição deve existir?

Entenda o lado positivo e negativo do sentimento e quando usá-lo a seu favor

Em um mundo repleto de desafios, uma pessoa ambiciosa é capaz de conquistar os seus desejos com perseverança e caráter. No início da fase adulta, esse sentimento é estimulado para satisfazer os objetivos pessoais e profissionais. Mas fica a pergunta: até qual momento da vida é possível aguçar a própria ambição?

Nós, da MetLife, compreendemos a importância de que os objetivos dos nossos leitores sejam alcançados, e acreditamos que a ambição possa ser encorajada em qualquer idade. Em meio a tantas transformações, separamos algumas informações sobre esse sentimento e quais fases da vida ela tem mais voz ativa.

Existe idade para ser ambicioso?

A ambição está relacionada a nossas emoções. Trata-se da energia necessária para correr atrás das realizações, independente de qual segmento. Uma pessoa ambiciosa é aquela que consegue superar desafios e colocar em prática estratégias para crescer. Em vista disso, qualquer pessoa consegue trabalhar os próprios interesses.

Por exemplo, se um jovem tem muita vontade de ser médico, então ele deve se planejar para estudar e conquistar a vaga na universidade. O mesmo serve a um adulto que almeja criar sua própria empresa, ele terá que conquistar cada degrau para impulsionar seu empreendimento em direção à visibilidade do mercado. Não muito diferente, um idoso decide viajar o mundo após a aposentadoria, ele vai precisar se programa para que aconteça em grande estilo.

Enfim, a ambição é uma característica associada a qualquer ser humano e em qualquer idade. O problema está na forma de como ela será trabalhada.

Os males da ambição

Existe um certo desespero quando as metas não acontecem no tempo pensado. Nessa esfera, a pressa pode ser prejudicial e a pessoa vai “fazer de tudo” para chegar a sua finalidade.

Assim, a ambição se torna ganância, e os males aparecem, como passar a perna em cima de algum colega, ser antiético em diversos casos, por aí vai.

Como trabalhar positivamente o sentimento?

Ser ambicioso não é um defeito, enquanto instigado da forma correta. Por esse motivo, devemos jogar limpo e conseguir as coisas pelo próprio mérito e ficar atento para não levar uma rasteira nesse mundo tão competitivo. São nesses casos que reconhecemos os gananciosos.

Quando a ambição faz bem?

Empresas reconhecem um profissional com o comportamento ambicioso e o estimula a mostrar suas habilidades. Isso serve como modelo aos outros funcionários, o que pode trazer benefícios e crescimento tanto para a empresa quanto para o profissional.

Além disso, duas qualidades da ambição são a motivação e o otimismo. Quando queremos algo, isso nos anima a buscar confiança e força de vontade.

Entendeu o recado?

Como você viu, o conceito de ambição é o anseio pelas vitórias. Por isso, é uma capacidade que todos os seres humanos, independentemente da idade, podem se esforçar para colocar em prática.

Se você sempre teve medo de ser quem você é, chegou a hora de mudar e adquirir novas habilidades que certamente vão ajudá-lo a garantir foco e coragem para o seu futuro ser brilhante.