Trabalhar depois dos 50 anos: como achar vaga no mercado de trabalho

Sabedoria e experiência são armas para vencer preconceitos

O mundo está mudando, o mercado de trabalho também, mas a busca por emprego continua a ser desafiadora para todas as pessoas. Algumas circunstâncias, porém, podem tornar a empreitada ainda mais difícil. Uma delas é o fato de ter mais de 50 anos de idade. 

Com um mercado cada vez mais dinâmico, é possível para alguém mais velho competir em pé de igualdade com os millenials? Para muitos especialistas, a resposta é sim. No entanto, se você já está nessa fase da vida e procura uma nova oportunidade deve mostrar ao empregador que ainda tem muito a oferecer como profissional. 

Nós da MetLife acreditamos que talento independe de idade, por isso vamos ajudar você a conseguir uma vaga adequada à sua experiência.

Enalteça as vantagens de ser mais velho

Parece clichê, mas a sua experiência conta muitos pontos a seu a favor. No currículo, destaque os trabalhos que teve e relate projetos importantes dos quais participou e ajudou a implementar.  
 
Na entrevista, deixe claro que o conhecimento que você acumulou pode ser compartilhado com a equipe para ajudar a empresa a se desenvolver. Tenha cuidado para não ser arrogante. Explique por que você é ideal para aquela vaga, e não que o currículo é “bom demais” para a vaga.

Com os Millennials trocando de emprego com frequência, muitos empregadores querem estabilidade e comprometimento no longo prazo e percebem que é mais provável conseguir isso com candidatos mais velhos. Esse pode ser um ponto a seu favor!

Jamais minta a sua idade

Na entrevista, você não precisa chamar a atenção para a sua idade como se ela fosse a sua principal característica e não um mero detalhe. Portanto, evite expressões como “no meu tempo” ou “meu filho tem a sua idade”. 

No entanto, não minta para o empregador. Uma informação como essa pode ser facilmente checada e vai pegar muito mal para você depois. Afinal, a credibilidade de um profissional é uma das qualidades avaliadas por qualquer gestor.

Tranquilize os gestores mais jovens 

Não é uma regra, mas há gestores que se sentem desconfortáveis por supervisionar alguém mais velho. Por isso, deixe claro na entrevista que você está confortável com a vaga para a qual está se candidatando e que você não pretende “roubar” o trabalho deles ou desrespeitar a hierarquia da equipe. 
 

Mostre que está por dentro das novas tecnologias

Para romper com alguns preconceitos, o candidato mais velho precisa mostrar que está por dentro das novas ferramentas. Ter um perfil interessante nas redes sociais ajuda bastante. 

Mostrar conhecimento sobre o campo em que quer trabalhar também é importante. Uma boa ideia é escrever e postar artigos no LinkedIn, por exemplo. Se for a uma conferência, curso ou workshop, compartilhe o que aprendeu nas redes sociais.  
 
Encontrar pessoas que trabalham em empresas de interesse e segui-las nas redes sociais também é uma estratégia. Lute, enfim, contra o estereótipo da pessoa mais velha que quer apenas cuidar dos netos. Esse não é o tipo de pessoa que uma empresa quer.