Como criar um novo hábito em sua vida - e mantê-lo

Com um pouco de estratégia é possível criar e manter um hábito com mais facilidade

Assim como o mundo está em constante mudança, as pessoas também estão. Isso pode ser percebido ao compararmos nossa rotina e forma de pensar de agora e de cinco anos atrás. Quantos hábitos novos você inseriu em sua vida de lá para cá?

Nós da MetLife compreendemos que os hábitos têm grande influência em nosso modo de viver. Porém, às vezes é preciso mudar ou acrescentar uma rotina diferente de modo a ficarmos mais felizes, saudáveis e menos frustrados.

Mas, nem sempre é fácil adquirir e manter novos hábitos. No entanto, há formas de fazer com que essa mudança seja mais simples. Confira as dicas que listamos a seguir, que tornam a adoção de novos hábitos mais fácil. 

Pratique o hábito todos os dias

Ser constante é um fator muito importante para novos hábitos. Por isso, praticá-lo diariamente fará com que, com o passar do tempo, ele faça parte da sua rotina. 

Há estudos que dizem que para adquirirmos um novo hábito são necessários 21 dias seguidos de prática. Porém, há outros estudos que dizem que é preciso mais de 2 meses de prática, dependendo do nível de dificuldade do hábito. 

Considerando pesquisas, tenha em mente que quanto mais você praticar, mais fácil será. 

Tenha em mente seu objetivo de vida

É comum que no começo você se sinta tentado a procrastinar ou se sabotar e não fazer a atividade que se propôs. Porém, sempre que surgir esses pensamentos, lembre-se de onde você quer chegar com esse novo hábito.

Digamos que você queira estudar inglês 2 horas por dia para ir viajar. Se você começar a pensar em pular um dia o inglês, pense que esse dia a menos vai fazer com que você conheça menos da língua. 

Além disso, uma ótima opção é criar gatilhos para o novo hábito. Se a ideia é estudar inglês, coloque o celular para despertar na hora que se propôs estudar e inicie o estudo com algo que goste, como traduzir uma música ou escutar 20 minutos de uma série, por exemplo.

Associe bons pensamentos ao seu hábito

Quando estamos na fase de adquirir um hábito é comum que pensemos de forma negativa, dizendo para si mesmo que é difícil, que está cansado. Porém, é preciso mudar sua forma de pensar. 

Para isso, toda vez que pensar em sua corrida matinal de 15 minutos ou na meditação, tente associar sentimentos bons. Por exemplo, pense na calma que você sente ao meditar ou na motivação que a corrida te proporciona. 

Acompanhe seu progresso

Quando tentamos inserir um novo hábito em nossas vidas é comum não percebermos grandes avanços logo no começo. Porém, a cada período faça uma avaliação do seu progresso. 

Por exemplo, se o seu novo hábito era meditar 10 minutos por dia, analise como você se sentia no começo. Era fácil de se manter em meditação durante os 10 minutos? E agora, ficou mais simples? Será que é possível aumentar a quantidade de tempo de meditação?

Faça essa análise e veja como foi seu desenvolvimento ao longo do tempo. Isso é importante para você se motivar ou para fazer alguma modificação e, assim, ter um melhor desempenho, como, por exemplo, mudar o horário da meditação. 

Comece por mini-hábitos

É comum que o início seja difícil. Para que você se frustre menos e fique mais feliz por alcançar os objetivos, uma recomendação é iniciar com hábitos menores.

Por exemplo, se o objetivo é ler 20 páginas de um livro por dia, por que não diminuir para 5 páginas por dia? Com o objetivo menor, seu cérebro vai ter uma barreira menor para dar início à leitura e você terminará de ler mais rápido. 

Além disso, não insira mais de três hábitos novos de uma só vez. Assim, você não se sobrecarrega e consegue se manter firme com sua nova rotina.