11 de Outubro, Dia do Deficiente Físico

Dia do Dificiente Físico. Conheça os obstáculos que as pessoas com deficiência física passam no dia a dia. Veja como você pode ajudar!

Dia 11 de outubro, é comemorado o Dia do Deficiente físico, data oficializada em 15 de abril de 1981 pelo governo de São Paulo e posteriormente comemorada em todo o território nacional. 

A data tem como finalidade de promover a conscientização da sociedade sobre as ações que devem ser realizadas para garantir a qualidade de vida e a promoção dos direitos das pessoas com deficiência física.

De acordo com Organização Mundial de Saúde (OMS), cerca de 1 bilhão de pessoas vivem com algum tipo de deficiência. Isso significa uma a cada sete pessoas no mundo.

O que vem a ser deficiência?

De acordo com a Lei Federal n° 13.146/2015, regulamenta pela ONU, Organização das Nações Unidas.

“Considera-se pessoa com deficiência aquela que tem impedimento de longo prazo de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, o qual, em interação com uma ou mais barreiras, pode obstruir sua participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condições com as demais pessoas”.

Tipos de deficiência

A deficiência atinge diferentes níveis e podendo ser classificada em quatro tipos: 

Deficiência física

Quando o paciente apresenta problemas no seu corpo que comprometem o desenvolvimento de funções físicas. 

Deficiência auditiva

As pessoas com deficiência auditiva, são aquelas que possuem perda bilateral, parcial ou total do sentido da audição.

Deficiência visual

Pessoas com deficiência visual são aquelas que apresentam problemas que dificultam a visualização de objetos. São considerados deficientes visuais aqueles que são é cegos ou apresentam uma baixa visão. Astigmatismo, miopia e hipermetropia não são considerados deficiências.

Deficiência mental

Pessoas com deficiência mental, são aquelas que apresentam funcionamento mental abaixo da média. Vale destacar que, para ser considerada uma deficiência, os sintomas devem surgir antes dos 18 anos de idade.

Deficiência Múltipla

associação de duas ou mais deficiências.

Inclusão de PCDs no ambiente de trabalho

Desde de 1991, é Lei no Brasil para inclusão de Pessoas com Deficiência (PcD) no mercado de trabalho. Mas só a partir de 1999 que as empresas brasileiras começaram efetivamente a contratar e incluir, aos poucos, esses colaboradores no ambiente de trabalho. A Lei nº 8.213/91, também conhecida como Lei das Cotas, determina que pessoas com deficiência ocupem de 2% a 5% do quadro de companhias com 100 colaboradores ou mais.

A lei não se trata de uma imposição. Mas um amparo para que as pessoas com deficiência ganhem o direito de ingressar no mercado de trabalho. Além disso, conseguem provar que certas limitações físicas não significam que elas são capazes de exercer uma função e entregar excelentes resultados.

Nós da MetLife acreditamos no valor e contribuição das pessoas com deficiência físicas no ambiente corporativo. Além disso procuramos reforçar a oportunidades e a busca pelos direitos dessas pessoas com deficiência. E apoiamos a todas as ações de inclusão a diversidade.

Pensando nisso, nós criamos o comitê MDA (Metlife DiverseAbilities), iniciativa da MetLife Global, que Defende a inclusão e conscientização sobre deficiência entre os colaboradores, clientes e comunidades da MetLife; promove uma cultura em que os colaboradores se sentem capacitados para atingir seu pleno potencial por meio da inclusão, representação e acesso a recursos essenciais no local de trabalho; e onde os colaboradores são reconhecidos por suas habilidades, experiências e talentos únicos.