Seja um realizador: Veja dicas simples de como sair da iniciativa e partir para o fazer

Prazos bem definidos e planejamento são essenciais para colocar os projetos em prática

O cotidiano acelerado e cheio de tarefas que precisamos lidar diariamente nem sempre é de grande ajuda quando pensamos em como colocar nossos projetos de pé, não é verdade?

Temos acesso a muita informação, entendemos como fazer as coisas, mas muitas vezes, ficamos paralisados no momento da execução, seja por continuarmos buscando informação, destrinchando processos, ou realizando outras atividades que levam embora nossa janela de ação.

Mas no fim precisamos concordar que, quando falamos dos nossos objetivos e projetos, se não partirmos para a realização de uma forma realmente coordenada, dificilmente as coisas irão sair do papel. 

Com isso em destaque, a equipe MetLife elencou detalhes de grande importância para que possamos colocar a ação e a realização das nossas ideias em primeiro plano, sem demora. Então, vem com a gente!

Sair da fala para a ação: Planejar e executar com prazos

Para ser um bom realizador é necessário também ser um bom planejador. Assim, é importante entender que esse momento não pode - nunca - paralisar a tomada de ação. 

Uma das estratégias que melhor colaboram para essa mudança de perspectiva é iniciar o processo com prazos bem definidos. Isso nos obriga a administrar melhor o tempo e a seguir uma agenda de forma mais rigorosa. 

Com esse processo estabelecido, nosso comportamento muda e partir para a ação se torna cada vez mais simples e natural.

Seja disciplinado e encontre ferramentas para deixar de procrastinar

Ser um realizador sem disciplina é algo praticamente impossível. 

Por isso, como parte da estratégia para tornar a ação algo mais comum, é importante revisar diariamente as ações que precisam ser tomadas. Isso faz com que a mente se habitue com o processo e dilua a vontade e os momentos de procrastinação.

Em todo caso, se a vontade de procrastinar aparecer, vale a pena apostar em ferramentas capazes de diluir essa estratégia. Apostar em uma música, um filme, um livro ou um texto, pode ser uma boa ideia para manter o fluxo mental ativo.

Como realizador, sempre tenha um plano B pronto

Para realizar, sempre da melhor maneira, é importante estar pronto para eventuais mudanças. Uma das formas mais práticas para isso é já ter preparado que tipo de ação é possível tomar caso algo saia fora do planejado.

Afinal de contas, uma das grandes forças para manter a ação acontecendo é o movimento e quando algo gera a necessidade de voltar para o campo das ideias pode não ser algo interessante.

Por isso, não dá para negar que para ser um bom realizador é necessário também ser um planejador que executa e que entende a necessidade de pensar sempre levando em conta onde suas ideias irão chegar.

E claro, com todas essas possibilidades em perspectiva, vale sempre a pena saber que podemos contar com ferramentas criadas para nos ajudar a manter o foco no que interessa. A MetLife, por meio de seus serviços de seguroatenção financeira e saúde, é uma excelente parceira para todos esses momentos.