5 dicas para viver dependendo menos do sistema financeiro e da tecnologia

Algumas mudanças são tão benéficas que farão você ter uma vida mais simples e satisfatória

Você já parou para pensar que ao pisarmos fora de casa nós temos um mundo de opções de consumo? O mesmo cenário acontece dentro de casa, aos nossos olhos, com as funcionalidades tentadoras no aparelho de celular.

A tecnologia influencia no sistema financeiro e vice-versa. Hoje eles estão conectados e nos viciamos à medida que utilizamos com mais frequência.

A MetLife se preocupa com o seu bem-estar físico e mental, e por isso vamos passar cinco dicas para você diminuir a dependência do sistema financeira e da tecnologia em sua vida.

1. Troque a tecnologia por diversão caseira

Ficamos tão presos a esse modelo de vida que não percebemos um mundo de opções ao redor. Para sair desse casulo, uma ideia é substituir os aparelhos celulares por diversões artesanais, como jogos de tabuleiro, cartas e até mesmo uma boa conversa.

Parece coisa do passado, mas essas atividades são criativas e dinâmicas, fazendo trabalhar a imaginação e a produtividade. 

2Desligue tudo antes de dormir

Uma hora antes de dormir, desconecte-se de todos os seus aparelhos eletrônicos. O brilho das telas interrompe a produção de melatonina, hormônio cuja função dá ao cérebro o sinal da hora de pegar sono. Portanto, deixe os dispositivos em outro ambiente para evitar a tentação de usá-los.

3. Faça cada vez mais programas caseiros

Convide mais seus amigos para passar o tempo com você em casa. É uma atitude gostosa e faz bem bater papo com pessoas que gostamos. Você pode até marcar o convite por meio do celular, mas na hora do encontro evite ver o que está por trás da telinha.

Programas caseiros ajudam a economizar! Em casa, faça uma comida gostosa e assim você vai gastar o menos possível. São atitudes desafiadoras que vão dar certo.

4. Invista em leituras

A leitura mexe com a imaginação, o que nos faz viajar por diversos lugares. Além de fortalecer a criatividade, a leitura diminui a vontade de gastar. Uma dica: leia livros físicos e fuja do Kindle ou do tablet.

5. Momentos em silêncio

A pausa entre um som e outro ativa a mente e nos faz pensar em coisas positivas. Talvez você ainda não tenha percebido, mas o consumo exagerado e o uso constante da tecnologia são fatores do excesso de informação que recebemos.

No início do texto, nós citamos que ao sairmos de casa somos impactados com a publicidade e isso nos leva a sempre querer mais e mais. No silêncio, entramos em estado de paz e neutralizamos as tensões da vida, aumentando a produtividade e a autossatisfação.

Se dentro de casa você não consegue relaxar, procure a natureza, o contato com o meio ambiente é tentador, ainda mais em dias ensolarados.

Outra opção é fazer aulas de meditação ou ioga. Depois de algumas sessões, você vai identificar melhoras significativas no bolso e vai controlar suas ansiedades e medos.