Coworking: qual a vantagem para pequenas empresas?

Espaços compartilhados ganharam adeptos ao facilitar planejamento financeiro e reunir diferentes entes da mesma cadeia produtiva

Muitas empresas preferem ou precisam esperar para montar seu próprio escritório. Seja por conta dos custos associados ou porque ainda é preciso amadurecer certos aspectos do negócio antes de fazer tal investimento, é cada vez comum que as pequenas e médias empresas escolham começar em espaços de coworking. Nestes locais, a infraestrutura como mesas, ar condicionado e acesso à internet, é oferecida às custas de um aluguel mensal. Mas quais são as vantagens de se optar por um coworking? 

Aqui na MetLife estamos sempre atentos às novas formas associadas ao trabalho que emergem em um mundo que muda de forma rápida e muito dinâmica. Os espaços de coworking são uma alternativa interessante para responder à esta agilidade: mesmo não estando prontas para montar seu próprio espaço, um negócio já pode começar a operar, e isso é ótimo, não é mesmo?

Planejamento mensal de custos fica mais simples

Dependendo do porte da empresa, pode ser mais vantajoso dividir custos com outras empresas - do mesmo setor ou não. O espaço de coworking facilita essa divisão de custos, oferecendo a infraestrutura pronta para o uso de diferentes equipes. Desde o aluguel do espaço até o pagamento da conta de luz, os custos básicos estão incluídos no valor pago mensalmente. 

Este modelo também permite saber exatamente quanto se gastará por mês com estas despesas. Assim, a empresa não fica à mercê da variação mensal e pode planejar melhor seus gastos. Também pode evitar custos com funcionários alocados apenas para tarefas administrativas, já que boa parte da logística cotidiana é garantida pelo próprio espaço.

Um bom lugar para parcerias de negócios

Outra vantagem do coworking é que, geralmente, ele é direcionado para uma cadeia específica de produção - frequentemente relacionada à tecnologia ou serviços da indústria criativa. Assim, como diferentes empresas atuam no mesmo espaço, é fácil encontrar potenciais parceiros de negócios sem custos de deslocamento e dificuldades de comunicação. 

O coworking também oferece diferentes tipos de espaços de trabalho, desde as grandes salas com várias mesas, até locais para reuniões privadas, inclusive com clientes ou fornecedores externos. Estes espaços devem ser previamente reservados e, se bem administrado, o coworking oferece salas suficientes para todas as empresas locatárias realizarem seus encontros de negócios. 

Espaços planejados, seja para palestras ou entretenimento

Também é comum que o coworking tenha salas grandes para palestras ou reuniões maiores, com projetor e outros recursos multimídia. Dependendo do que estas salas oferecem, isso pode significar uma economia substancial para uma empresa que está se instalando e ainda tem pouco capital de giro. 

Como amenidades, alguns coworkings oferecem sala de jogos, com diferentes opções para as pessoas se desligarem um pouco do trabalho e, possivelmente, voltarem mais produtivas. Também é comum haver um espaço coletivo com microondas, geladeira, pia e utensílios de cozinha, onde há água, café e, às vezes, até cerveja à vontade. 

Atmosfera dinâmica para trabalho criativo

Os coworkings costumam ser locais de atmosfera casual e com circulação de muitos talentos de diferentes segmentos de uma mesma cadeia produtiva. Este tipo de ambiente ajuda a desenvolver atividades criativas, a fazer conexões importantes para o modelo de negócios de uma empresa que está iniciando e a planejar custos, sem surpresas no fim do mês. 

Eles também oferecem recursos de segurança, como circuito interno de TV para monitoramento e, às vezes, serviço de segurança privada. O atendimento telefônico também é facilitado, já que o local mantém sempre um(a) recepcionista para atender chamadas ou receber visitas agendadas.