People Analytics: como a análise de dados da sua empresa vai melhorar o seu negócio

A análise de dados gerados por funcionários é uma das ferramentas-chave para a nova gestão de pessoas

E se fosse possível usar essa quantidade massiva de dados para melhorar o gerenciamento da empresa?

Pois bem, isso já existe e chama People Analytics, tecnologia que tem crescido exponencialmente nas grandes empresas, principalmente nos Estados Unidos, e que tem mudado a forma de gestão do capital humano.

Nosso time MetLife elencou alguns porquês de iniciar a implementação dessa ferramenta o quanto antes e como ela vai ajudar na melhoria direta do gerenciamento de pessoas na organização.

Afinal de contas, o que é e como funciona o People Analytics? 

Esse processo, que em tradução livre pode ser chamado de “Análise de Pessoas” é, basicamente, um processo de coleta, organização e análise de dados focados exclusivamente no comportamento dos funcionários da empresa. 

A ideia é possibilitar que a operação seja capaz de tomar decisões de forma planejada e antecipando possíveis problemas. 

Um exemplo de sucesso do uso dessa tecnologia, vem do Google, que desde o início de sua operação sempre teve como objetivo principal contratar os melhores engenheiros.

Porém, era necessário entender como reter esses talentos e mantê-los engajados. A resposta veio por meio da análise de dados que hoje responde pelo nome de People Analytics. 

Porque implantar o People Analytics na empresa

Além de já ser algo consolidado em grande parte das maiores empresas do planeta, esse sistema é uma ferramenta interessante para auxiliar em processos que vão desde a contratação até a solução de alta taxa de saídas entre outros gargalos.

Claro, que para que tudo isso funcione da melhor forma, é interessante que um planejamento de uso seja realizado visando médio e longo prazo, e então partir para a implantação de uma forma de coleta de dados segura e transparente.

Esse detalhe é muito importante, os funcionários precisam saber que seus processos de trabalho são coletados de forma a gerar dados que a empresa irá usar em diversas frentes. 

Como esses dados ajudam o RH e melhoram o negócio

Com a coleta de dados e a posterior pesquisa realizada da forma correta, o departamento de recursos humanos consegue investigar, entender e até mesmo prever padrões de atritos, profissionais com mais chances de se tornarem líderes, de pedirem demissão (e os motivos para isso) entre outros pontos que auxiliam na realização de um diagnóstico certeiro para zerar o problema. Estratégia que economiza tempo e dinheiro.

O futuro das empresas está nos dados

Levando em consideração todas essas facilidades, até mesmo a oferta de benefícios irá passar a ser mais dinâmica, com a possibilidade de entender as necessidades dos funcionários antes mesmo que eles precisem se manifestar a respeito.