Chefe tem meta?

A função de gestor tem exigências iguais ou maiores aos funcionários. Entenda mais.

No mundo profissional, o funcionário de uma empresa está acostumado a cumprir ordens dos chefes. Como parte da rotina diária, ele é cobrado para finalizar suas tarefas, fechar um relatório em tempo hábil, entre diversas outras demandas.

É de praxe o colaborador não acreditar que ele só comanda sem possuir metas semelhantes a ele. Afinal, será que isso é verdade?

Aqui na MetLife nós trabalhamos com uma equipe engajada produtiva para atender os nossos clientes, independente do cargo. Mas como será que em todos os lugares o chefe tem metas a cumprir?

Quais são as características de um chefe?

Em alguns casos, o chefe passa a ideia de apenas comandar pessoas, impor ordens e por centralizar o comando da empresa. 

Às vezes é temido por seus funcionários, que não se sentem à vontade para relatar os problemas, e muito menos, a pedir conselhos em casos de dúvidas. 

Na correria que é o mundo corporativo de hoje, pode passar a ideia de que a sua única função é fazer com que o colaborador exerça suas atividades sem questionamentos. Ou então que apenas joga o trabalho em cima da equipe e se vangloria quando o objetivo é alcançado.  

Mas, nem, sempre é assim. 

O chefe é um ser humano igual aos outros, e por isso, ele passa por obstáculos semelhantes aos demais. Um deles já foi dito: conseguir resultados.

O chefe é impulsionado a liderar para trazer benefícios à empresa. Por exemplo, se você faz parte do time de vendas de uma loja, precisa bater metas, não é? O gestor do suposto local também necessita que essa meta seja batida, no entanto, o funcionário não percebe dessa forma porque não é de sua alçada.

Conquistar novos clientes também faz parte dos atributos de um gestor. Ele viaja com frequência para diversos lugares com o intuito de se aproximar do possível cliente como objetivo de fidelizar uma união contratual. Dentro disso estão encontros intermináveis, relacionamentos complicados, ou seja, um dia a dia atarefado e cobrado que possivelmente não termina em solução para a empresa. 

Outra meta é... criar meta. Como assim? Para o time impulsionar vendas, em muitas instituições são realizadas metas de produtividade. Os líderes precisam cumprir certas regras para o alcance desejado, cobrando dos funcionários melhores resultados. 

Saiba que o seu chefe está passando pelas mesmas dificuldades iguais a você. A exigência é apenas de outro superior, o diretor da empresa.      

Uma meta pouco visível é criar um bom relacionamento entre toda a equipe. Em um local onde há desavenças, em que cada um trabalha individualmente sem qualquer tipo de comunicação, certamente não haverá feedback positivo. 

O chefe deve ser capaz de criar um laço conectivo, usando suas habilidades técnicas. Seu talento está na capacidade de motivar, ser pró ativo, se posicionar diante dos atritos e usar boa linguagem comunicativa.  

Vale a pena ser chefe?

Liderar exige um conjunto de habilidades e afazeres, no entanto, é um cargo que torna o especialista mais forte para lidar com os obstáculos profissionais e pessoais. As metas se tornam rotineiras diante de quem gosta da adrenalina diária.