O gigante do varejo chinês tem muito a nos ensinar

AliBaba, maior empresa de comércio eletrônico da China aposta em inovação de mercado e tecnologia 

O mundo em constante mudança nos ensina todos os dias sobre algo novo e sobre como podemos aproveitar exemplos de sucesso para melhorar as nossas vidas e os nossos empreendimentos.

Nós da MetLife trazemos esses exemplos para você, pois nossa missão é sempre nos colocarmos lado a lado à nossos leitores, entendo suas urgências e propondo soluções para um mundo melhor. 

O mercado varejista chinês está em grande expansão e lucro há algum tempo. Aliar tecnologia com novos modelos de negócios online fez da China o principal país para se olhar quando falamos de consumo. Um exemplo de sucesso que podemos observar é a gigante do varejo chinês, AliBaba. A empresa cresceu investindo em fusão de empresas, investimento em tecnologia e inovação de mercado. 

No ano de 2019, as projeções eram de que a China teria um crescimento no varejo atingindo US$ 5,636 trilhões. Um aumento de 7,5% em um ano, contra os US$ 5,529 trilhões dos Estados Unidos, que chegaria a 3,3%. Somente a AliBaba lucrou sozinha cerca de U$51 bilhões no último trimestre de 2019.

Variedade de produtos e serviços

Fundada em 1999, a AliBaba que é dona da Ali Express, entre outras empresas, tem apostado na variedade de serviços e produtos oferecidos a seus clientes. Para se ter uma ideia, o grupo investe desde serviços de armazenamento de dados em nuvens, passando por uma rede de supermercados, até o e-commerce. 

A China é também um país que investe pesado no desenvolvimento de novas tecnologias e empresas como as do Grupo AliBaba tem papel fundamental nesse meio de negócio, pois é através dos dispositivos móveis e compras online que a empresa pode coletar e armazenar dados de seus clientes para melhorar as estratégias de vendas e marketing.

Vale lembrar que a China tem políticas de coleta e armazenamento de dados diferentes de outros países, como no Brasil, onde a lei Geral de Proteção de Dados, que entra em vigor em agosto deste ano e estabelece regras para uso de informações dos usuários para fins publicitários.

No entanto, o que podemos aprender com os chineses, e em especial com o Grupo AliBaba, é que precisamos nos atentar as constantes atualizações no que diz respeito à atendimento ao cliente, inovação de mercado e oferta de produtos e serviços diferenciados, e uso de tecnologias eficientes e confiáveis para proporcionar sempre as melhores experiências para todos.