Como ensinar sua equipe gerencial a delegar mais as funções

Líder inteligente é aquele que mapeia as habilidades individuais

Uma boa cultura empresarial é aquela que possibilita que todos prosperem tanto no âmbito pessoal quanto no profissional ao mesmo tempo. Muitas vezes os gestores carregam o mundo nas costas tentando dar conta de todas as frentes, o que gera pressão e diminui a qualidade de vida e trabalho. 

Entretanto, simples métodos como delegar funções redistribuem as demandas, reduzindo o estresse e empoderando seus funcionários. Além de benefícios, uma maior participação nas decisões de seu time, ou seja, empoderamento, faz com que funcionários se sintam mais satisfeitos e mais conectados aos seus empregadores.

Mas como pôr em prática e ensinar seu time gerencial a delegar funções? O líder que delega é um gestor inteligente e as grandes empresas entendem que essa é uma das maiores habilidades que ele deve ter: sabedoria na hora de distribuir tarefas.

Delegar não precisa ser difícil

Se em pequenas e médias empresas a divisão de tarefas acontece de forma mais orgânica, nas grandes corporações o ato de delegar funções não precisa ser um bicho de sete cabeças, e pode ser, sim, suave. Um bom líder deve ter uma maior sensibilidade interpessoal para trabalhar no mapeamento de potenciais de cada um do time. Olho vivo nas habilidades individuais é fundamental.

Planejamento e confiança

Uma vez feito o mapeamento, o próximo passo é uma grande soma: fechamento de acordos de entregas + confiança + acompanhamento próximo + feedback sempre. Com esses passos funcionando bem, delegar passa a ser natural e tudo vira um grande ciclo.

Menos ego e mais crescimento

Entendemos que algumas pessoas têm essencialmente uma maior dificuldade em delegar funções, mas é importante lembrar que: menos "ego" para o gestor é mais espaço para ele e para a equipe e aumento de produtividade. É crescimento para todos!