Como se livrar do assédio na empresa?

Conheça processos e ferramentas para denunciar o assédio no local de trabalho

Falar sobre assédio no trabalho ainda é um tabu, isso porque envolve diversos sentimentos como traumas, medos, timidez, solidão e jogo de poder. Até por isso, a prática tem aumentado nas grandes cidades, o que amedronta funcionários, principalmente mulheres.

Segundo uma pesquisa realizada pelo Instituto Maria da Penha, a cada 4,6 segundos uma mulher é vítima de assédio no ambiente de trabalho no Brasil, seja moral ou sexual.

Aqui na MetLife nós preservamos pelo bem-estar e pela vida de todos. Por isso, achamos que é importante denunciar esse tipo de ato violento. Pensando em você, listamos algumas formas de denúncia que podem ser realizadas no ambiente de trabalho.

Google e Think Olga criam ferramenta 

Criada como alerta no Carnaval, as empresas já estão usando uma ferramenta desenvolvida pelo Google e pela feminista Think Olga. O projeto tem função no Google Assistente que facilita o acesso a informações sobre o tema, como contatos para denúncia e centro de acolhimentos das vítimas.

Com a ferramenta, ao falar “Ok Google, como reportar assédio sexual”, o celular vai indicar os contatos da Central de Atendimento à Mulher em Situação de Violência (180) e da polícia militar (190).

Help Me

O projeto independente do desenvolvedor Renato Sanches foi criado para iOS e Android. Gratuito, o aplicativo tem capacidade de gravar áudio das situações, com possibilidade de arquivar e compartilhar.  

Também tira fotos, mas nesse caso não são distribuídas diretamente no aplicativo, mas são guardadas pela memória do celular para usar na denúncia. O mais interessante é que a plataforma conta com uma sirene em momentos que você se sinta ameaçado, conseguindo acioná-lo.

Canal de denúncias

O canal de denúncias é uma ferramenta na qual os colaboradores relatam situações irregulares e conflitantes que fujam das normas da instituição. Isso pode ser feito por meio de uma linha telefônica ou um portal na internet. Se esse canal for ativo e eficaz, os colaboradores o enxergarão como um acesso de apoio, e não como um local de fofoca.

Comunicação interna 

O gestor tem como dever elaborar uma comunicação interna qualificada para propiciar segurança aos seus funcionários, afinal, ele tem acesso e conhece as pessoas que formam sua equipe. Por isso, colocar dicas e informações espalhadas pela empresa ajudam a fomentar a cultura organizacional sadia.

A comunicação interna auxilia a divulgar essas normas e até mesmo dar voz, caso algum colaborador se sinta vítima de assédio, através de um canal de denúncia de práticas danosas.

Bom relacionamento 

Ter um relacionamento honesto e transparente com a equipe é importante para que os colaboradores saibam como a empresa valoriza a sua qualidade de trabalho. Evitar brincadeiras ácidas, de duplo sentido ou com o uso de palavrões afasta a possibilidade e de incentivo à prática do assédio.

Agora se você se reconhecer prejudicado com algum ato desse tipo, não pense duas vezes e denuncie o quanto antes. Sua vida vale mais do que qualquer silêncio.