Descubra o que são metodologias ágeis e suas utilidades

Originadas nos softwares, elas conquistaram as empresas e rotinas de muitos profissionais

Já ouviu falar em metodologias ágeis? Não? As metodologias ágeis se originaram no desenvolvimento de projetos de software (mais exatamente do Manifesto Ágil) quando tornou-se necessária a criação de fluxos de trabalho para organizar as ações cada vez mais complexas de produção. Atualmente, elas já estão em uso em diversas áreas do mundo empresarial mundial como alternativas de gestão de projetos.

As metodologias ágeis valorizam mais as interações entre os indivíduos que fazem parte de um projeto. Relações interpessoais e engajamento são fundamentais para o êxito das metodologias. Nós da MetLife, no Brasil e no mundo, focamos sempre em estudar tendências e usar análises avançadas para criar produtos e serviços mais simples e inteligentes. 

Assim, trazemos a oportunidade de explicar um pouco mais sobre as metodologias ágeis, que podem ajudar na simplificação de etapas, maior motivação de seus funcionários, engajamento de seus clientes e melhor produtividade em sua empresa.

Do mundo dos softwares para o mundo empresarial

Sim, elas nasceram dentro dos ciclos de projetos de Tecnologia da Informação (sobretudo desenvolvimento de software), mas acabaram sendo adotadas em várias áreas que trabalham com projetos mais complexos e que envolvem múltiplos steakholders - participantes ativamente envolvidos em um projeto.

Qual é o objetivo de sua implementação em um negócio?

Como o próprio nome já diz, as metodologias ágeis tentam trazer mais rapidez para os até então longos ciclos de projetos. Os processos são mais dinâmicos e estruturados de forma a dar visibilidade a todos os envolvidos de como as etapas estão evoluindo – e neste contexto os post-it são grandes aliados como você verá mais adiante! O objetivo principal é melhorar a comunicação entre os envolvidos e reduzir burocracia de processos e documentações extensas. Neles, o foco é no cliente (que deve ser constantemente consultado), trabalha-se com iterações (pequenos avanços incrementais) e os progressos são testados e validados antes de prosseguir para evitar os desperdícios.

Conheça mais sobre algumas das principais metodologias ágeis 

Lean, a simples e enxuta

Lean startup é a metodologia mais antiga e simples. Tem como premissa reduzir desperdícios. Basicamente, todo e qualquer recurso é otimizado. As ferramentas lean combatem desperdícios através do aumento da eficiência e da produtividade dos trabalhos em si.

Kanban, a racionalizadora dos cartões coloridos

Kanban pode ser resumida, a grosso modo, como um quadro real com 3 colunas: to do (a fazer), doing (fazendo) e done (feito). Cada steakholder distribui suas atividades entre essas colunas e todos vão acompanhando o processo de desenvolvimento do projeto.

Scrum, a evolução dos métodos anteriores 

 É sem dúvidas o mais famoso e queridinho de todos os métodos ágeis, mas também o mais complexo. Ele vai desde a representação visual do projeto, através de um quadro similar ao método Kanban, até padrões de reuniões mais específicos, de normalmente 15 minutos, onde todos de pé vão atualizando esse quadro. A figura do Scrum Master também é fundamental, um grande gerente de projeto que controla toda a metodologia. O projeto é dividido em sprints (time box dentro do qual um conjunto de atividades deve ser executado) mais rápidos, o que geralmente se traduz em lançamento de versões beta, que são melhoradas ao longo do projeto.