Implante horários flexíveis e ganhe funcionários motivados e mais produtivos

Entenda como fazer a transição para esse formato de trabalho e como sua empresa irá se beneficiar disso

A busca pelo equilíbrio entre vida pessoal e profissional têm feito com que os dias com oito horas de trabalho já não encantem mais os talentos disponíveis no mercado, transformando as jornadas flexíveis em uma necessidade real para empresas que buscam atrair e manter profissionais de ponta.

Por isso, nós da MetLife listamos algumas formas de introduzir essa prática na sua empresa, ganhando em produtividade e fidelização desses novos talentos.

Compreendendo os formatos de horários flexíveis

No momento de iniciar a implantação dessa política de trabalho é entenda as possibilidades disponíveis e já testadas no mercado. 

A mais simples, é a que permite a escolha da jornada de trabalho. Dessa forma, o funcionário tem algumas possibilidades disponibilizadas pela empresa e cumpre com sua jornada dentro desse período.

Outra opção é o horário variável. O funcionário não tem um horário fixo para chegar, mas precisa cumprir com uma carga horária diária ou semanal.

E por fim, a mais aberta de todas, a opção do horário livre. Nesse caso vale salientar que o compromisso do funcionário passa a não ser mais com um horário específico, mas sim com a entrega de tarefas. Algo que dinamiza muito a forma de trabalho e de percepção de resultados.

Como iniciar a implementação dessa possibilidade

É importante entender quais funcionários e setores podem realizar seus trabalhos de forma flexível sem que isso afete a produtividade da empresa de forma negativa.

Após isso ter sido delimitado, é o momento de optar por um dos formatos descritos acima. Esse é um critério importante, já que empresa e funcionários precisam entender de maneira clara como as jornadas de trabalho irão acontecer a partir do momento dessa implantação.

Com isso definido, é importante ressaltar que no Brasil não existe uma legislação específica para isso. Dessa forma, para que o horário flexível seja implementado em definitivo, é necessário realizar uma negociação coletiva com o sindicato da categoria.

Pontos positivos e possíveis pontos negativos

Em um primeiro momento é possível perceber, de forma direta, a diminuição de faltas e atrasos, melhor produtividade individual e maior compromisso com a entrega das tarefas. 

A empresa ganha com essa implementação ao economizar com despesas e manutenção de áreas de trabalho, com equipes mais produtivas e maior atração e retenção de talentos.

Os pontos negativos podem ocorrer, justamente, pela forma mais fluída de trabalho e de fluxo de profissionais durante a rotina da empresa. No entanto, uma conversa com a equipe gerencial pode ajudar bastante na adoção de novos formatos para que seja realizado o acompanhamento do rendimento dos profissionais.