Por que é importante você ter metas compartilhadas com a sua equipe?

Conheça três razões que mostram a importância do líder em unir as metas com os colaboradores

Um dos grandes desafios das empresas é conseguir executar as tarefas quando desejadas, aliás, isso faz parte do dia a dia corporativo. Para que isso ocorra com qualidade, é preciso de conexão entre o gestor e o funcionário. No entanto, em muitos casos essa percepção fica a desejar, o que leva a problemas internos e baixo rendimento nas metas. 

Pensando no aumento da produtividade, algumas instituições usam o sistema de compartilhamento de metas entre os líderes e suas equipes.

Aqui na MetLife nós entendemos que esse modelo garante mais dinamismo, desde que seja feito de forma saudável para que todos se sintam à vontade. Pensando nisso, vamos sinalizar porque se deve unir as metas entre o líder e o subordinado.

Para entender como o seu time age

Em muitas situações, o funcionário age como adversário do gestor, acreditando que ele não tenha metas a cumprir, ou seja, apenas dando ordens, o que acarreta em estresse no ambiente profissional.

No intuito de resolver a questão, o gestor entende que a melhor maneira é amarrar as metas, isto é, se vale para um, vale para o outro. Por exemplo, você é dono de uma loja e percebe que o seu funcionário está com dificuldades em fechar a meta do dia, isso faltando menos de duas horas para o encerramento do expediente.

Talentoso, o gestor vai dividir a meta com o funcionário para finalizar o dia com saldo positivo. A conexão entre ambos deixará o colaborador mais próximo do gestor, além de buscar eficiência nos próximos dias de trabalho.

Para solucionar problemas quando não estão sendo vistos

Com a quantidade de demandas diárias, é muito provável que o chefe não consiga perceber os obstáculos no ambiente de trabalho, gerando um desgaste que pode ser evitado.

Em vista disso, uma das qualidades do compartilhamento de metas é que o chefe se iguala ao funcionário para facilitar no rendimento. Assim, o líder identifica o problema e ajuda a solucioná-lo, tornando-se parte do time.

Para melhorar o relacionamento entre as equipes

No primeiro tópico, constatamos a importância do gestor em se relacionar com o funcionário, nesse podemos analisar os problemas entre o time. Quando os membros da equipe se tornam concorrentes, acabam atrapalhando o resultado individual e coletivo.

Para que isso não ocorra, o líder deve mostrar que também faz parte do time, deixando claro que todos têm o mesmo merecimento por fazer parte daquela instituição.

Todos podem ser iguais em uma empresa

Cada integrante possui seus valores e o gestor está lá para ajudar. O importante é atender os valores da organização, evitando distorções de pensamentos que acarretam falta de conexão e um desempenho baixo do grupo.