Conheça a pergunta que pode mudar a vida em sua empresa

Steve Jobs pode nos ensinar bastante com uma simples reflexão que pode mudar nossa vida profissional

A sociedade, de uma forma geral, aplaude as pessoas que conseguem grandes conquistas pontuais ao invés de ovacionar aquelas que mantêm as vitórias ao longo do tempo. Um pensamento de Steve Jobs nos leva a um outro patamar nesse contexto. Trata-se de uma simples pergunta que pode mudar a vida em qualquer empresa, desde que seja respondida com sinceridade. Ficou curioso? A MetLife te conta mais sobre o assunto.

Satisfação pessoal

Podemos dizer que a satisfação pessoal consiste em aprender a ser grato por tudo que foi alcançado e mantido. Por um acaso você já se perguntou, olhando para o espelho, se você está satisfeito com sua vida profissional e os rumos que ela pode tomar? Pode parecer estranho, mas é necessário.

Steve Jobs, em um famoso discurso, jogou no ar o seguinte pensamento: "Olhe-se no espelho todos os dias pela manhã e pergunte-se: O que estou fazendo agora é realmente o que eu gostaria de fazer pelo resto da minha vida?” Essa é a famosa pergunta que pode mudar a vida na sua empresa.

Reflita com esse pensamento

A maioria dos profissionais talvez ficaria em dúvidas para responder a essa interessante pergunta de Steve Jobs, por diversos fatores. Isso porque quase ninguém é 100% satisfeito profissionalmente, seja porque ainda falta alcançar algo, ausência reconhecimento profissional ou outros motivos que não possibilitaram a realização plena.

Dessa forma, pode ser bastante difícil respondermos se o que estamos fazendo hoje em uma empresa é o que realmente queremos fazer pelo resto de nossas vidas. Afinal, muita gente não tem afinidade com o que faz, mas que de uma certa forma se viu “obrigado” a fazer por diversos motivos, sejam financeiros ou pessoais.

Realizado profissionalmente ou mudança de área?

Não podemos nos esquecer que esse pensamento de Steve Jobs nos leva a relembrar um bom e velho ditado, bastante conhecido que diz: “Você não é obrigado a fazer o que ama, mas é obrigado a amar o que faz”. Isso responde, pelo menos em partes, a nossa célebre pergunta em questão. Nas organizações, esse ditado se encaixa como nunca.

Mas se você conseguiu, com toda sinceridade, responder a pergunta que pode mudar sua vida, tem duas opções: se você respondeu que SIM, é sinal de que se sente realizado profissionalmente e que sua carreira está no ápice. Agora, se você disse para si mesmo que NÃO, chegou a hora de buscar uma nova área para trabalhar que se identifique mais, para que a satisfação bata à sua porta.

Como podemos notar, a satisfação pessoal é um tema bastante complexo, pois ela depende de outros fatores. Mas podemos nos lembrar, todos os dias, dessa pequena reflexão de Steve Jobs e analisar sobre o rumo que nossa carreira está tomando.