Compliance: o que significa, quais são as vantagens?

Compliance. Do que se trata estar em conformidade e o porquê de aplicar estes processos em sua empresa

Nos últimos anos, vários casos de empresas envolvidas em esquemas corrupção tem sido revelados. Esses casos geralmente deixam uma imagem muito ruim para essas empresas, atrapalhando oportunidades de crescimento.

A prática de Compliance têm crescido muito para evitar essa imagem ruim, mas você sabe o que ele significa? Conhece as suas vantagens?

Hoje a MetLife traz para você algumas dicas e informações que vão tirar todas as suas dúvidas e ajudar a aplica-lo em sua empresa.

O que é Compliance?

Termo derivado do verbo em inglês comply, Compliance consiste basicamente em estar em conformidade com leis, normas e regulamentos. É um conjunto de práticas que guia o comportamento de uma empresa e garante um certo padrão mínimo nos negócios. A sua intenção é garantir a transparência e as relações éticas dentro de uma empresa.

Quais são as vantagens do Compliance?

Uma das maiores vantagens do Compliance é a prevenção. Garantir que tudo está conforme o que diz a lei pode evitar, por exemplo uma longa disputa judicial por uma lei trabalhista descumprida, multas da Receita Federal por falhas em sua contabilidade, e por aí vai.

Além disso, o Compliance pode aumentar a produtividade e a eficiência dentro de sua empresa, seja eliminando fraudes e desconformidades, que geram desperdício de recursos, ou aumentando a qualidade das decisões dentro da empresa, evitando um aumento no custo operacional.

E ainda mais, estar em conformidade com os padrões garante uma boa imagem da sua empresa, o que pode trazer uma vantagem competitiva, tanto em relação ao seu consumidor final quanto a empresas parceiras.

Como aplicar em sua empresa?

Agora você já sabe o que é e sabe quais são as vantagens de utilizá-lo, mas como você pode começar a aplicar o Compliance em sua empresa?

Seja você mesmo como gestor, uma outra pessoa dentro da empresa ou um profissional que você vai contratar, é importante que a pessoa que cuidará da implementação do Compliance tenha habilidades diplomáticas, que seja capaz de dialogar com todos os setores dentro da empresa, sem abrir mão dos padrões éticos em suas tomadas de decisão.

A aplicação do Compliance consiste em fazer uma análise de processos e riscos, para entender quais serão os desafios da implementação de um programa de Compliance na empresa neste momento. Após isso, deve-se criar um plano de ação e um código de conduta para os seus funcionários. Disseminar a importância das boas práticas e criar canais para que os colaboradores possam indicar processos e atividades que não estão em conformidade com os preceitos da empresa também são ações muito importantes.

Agora basta colocar tudo isso em prática dentro de sua empresa que você verá uma melhoria dentro e fora da organização!