O que é e o que não é preconceito no ambiente de trabalho?

Muito se fala sobre atitudes preconceituosas dentro das empresas, mas nem tudo pode ser considerado preconceito

Em um mundo com diversos tipos de rótulos, praticamente todas as pessoas precisam saber lidar com situações constrangedoras no ambiente de trabalho. Quando o assunto é preconceito dentro do mundo corporativo, a velha polêmica é reacesa. O que pode ser considerado preconceito e o que não pode? As pessoas têm pontos de vista diferentes, por isso, respeito é fundamental em qualquer situação. 

Nós da MetLife não medimos esforços para lhe oferecer bem-estar e uma vida tranquila, em todos os sentidos. Por isso, você vai saber o que pode ser considerado preconceito dentro do ambiente organizacional e o que não pode. Afinal de contas, o respeito à diversidade deve prevalecer, acima de tudo. 

O que é considerado preconceito

Vale ressaltar que qualquer tipo de discriminação pode ser considerado preconceito e deve ser evitado, pelo bem-estar de todos:  

Fazer piada de alguém: Se você costuma ser o centro das atenções na empresa por causa das piadas maldosas que costuma fazer, cuidado com isso! Fazer piadas constrangedoras usando o nome de algum colega de trabalho é considerado preconceito. Trabalhar em um clima descontraído e ótimo, desde que não ninguém seja discriminado. 

Brincadeiras por causa da opção sexual ou cor da pele: Esse é um dos piores tipos de preconceitos que existem. As pessoas não são iguais e não é pelo simples delas serem diferentes de você em alguns aspectos, que isso lhe dá o direito de ser preconceituoso. O respeito à diversidade é sempre bem-vindo, mesmo que não concorde. 

Diferença no tratamento por causa do sexo, idade ou condição financeira: Todas as pessoas em uma empresa, independentemente do cargo que ocupam, merecem tratamento igual e sem qualquer tipo de privilégios. Tratar um colega de trabalho de forma rude só porque ele é mais velho do que os outros ou porque tem uma condição financeira inferior à sua, é uma grave forma de preconceito que deve ser banida do mundo corporativo. 

O que não é considerado preconceito 

Ser chamado a atenção em particular: Muita gente até acha que essa atitude é preconceituosa, mas não é. Ser chamado a atenção, por qualquer motivo, em particular, é a forma mais correta e sensata que um superior pode usar. Dessa forma, tudo se torna confidencial para que não haja boatos. 

Diferença salarial por causa de habilidades, eficiência ou competência: Na verdade, é isso que deve diferenciar um profissional de outro dentro de uma empresa. As relações de trabalho devem ser pautadas pelo respeito mútuo. Se o seu colega de trabalho tem o salário maior do que o seu por causa de alguma habilidade técnica ou por ser mais eficiente no dia a dia, aceite a situação sem reclamar, pois isso não é preconceito. 

A questão principal é que você tenha respeito à diversidade e entenda o que é ou não preconceito dentro do ambiente de trabalho. Vale ressaltar que todo preconceito não faz bem para quem sofre e pode trazer punições para quem pratica. 

A MetLife sempre pensa no seu bem-estar e tranquilidade, em todos os aspectos. Oferecemos diversos tipos de seguros para que você e sua família fiquem resguardados de quaisquer eventualidades. Nossa equipe está sempre pronta para oferecer uma solução que mais se adequa às suas necessidades.