Entenda por que alguns processos e práticas precisam ir embora em sua empresa

Algumas atitudes são incoerentes e só levam ao fracasso

Para uma empresa ter sucesso no mundo corporativo é importante implantar regras. A disciplina faz com que o local de trabalho progrida e não desalinhe. No entanto, existem atitudes que acabam fazendo com que a empresa não evolua, apenas colhendo desafetos.

Aqui na MetLife nós preservamos o bem-estar para o sucesso do seu negócio. Por isso, vamos mostrar algumas práticas que precisam ser revistas para a evolução da empresa.

Tratar todos os funcionários do mesmo jeito

Cada colaborador tem uma função definida e salário remunerado. Uma empresa de sucesso sabe reconhecer a individualidade, e isso mostra o diferencial para o crescimento do funcionário.

Um ponto frustrante é quando a instituição não possui uma política de reconhecimento, ou seja, os regulares são tratados da mesma maneira que os excepcionais.

É evidente que todas as pessoas devem ser consideradas importantes por fazer do grupo. Mas a questão é que existem funcionários que, por sua eficiência, merecem receber mais pela produtividade e competência.

Esses profissionais acabam sentido a diferença ao longo dos dias, o que aumenta a insatisfação pessoal. Se você remunera o empregado talentoso igual aos demais, decida a mesma quantidade de tempo e faça o mesmo tipo de avaliação.

Um caso ainda pior de falta de reconhecimento é tratar todos os funcionários apenas como números, ou seja, instrumentos para conseguir um determinado resultado.

Prezar o funcionário apenas pela simpatia

Uma atitude estranha é basear o contato na empresa pela ótima aparência do funcionário. Perceba que existem os que se destacam pela capacidade de se comunicar e aqueles que contribuem com funções mais técnicas.

É um grande erro ter uma empresa que reconhece apenas pelas relações sociais: há pessoas talentosas, mas que não possuem capacidade de se comunicar com os demais. Se ninguém as ajuda a fazer contatos no meio da carreira, elas acabam não sendo reconhecidas na empresa e pedem as contas.

Conquistar tudo pelo grito

Existem pessoas que só sabem interagir por meio do grito. A falta de bom senso pode levar a sua empresa às ruínas. O chefe que grita deseja autoridade, isso demonstra a insegurança pessoal na hora de lidar com os funcionários. Já o colaborador que aumenta a voz, na maioria das vezes é decorrente das atitudes semelhantes do líder.

Esse é um fator extremamente desestimulante, portanto, instrua uma política de melhor convivência entre todos, em que a comunicação possa ser clara sem ser agressivo.

Caso você tenha se identificado com as nossas dicas, reflita sobre como elas podem estar desajustando a harmonia e a produtividade da sua empresa. São pequenas mudanças que já fazem a maior diferença no dia a dia. Boa sorte!