Roupa ideal no trabalho permite conforto e passa boa imagem

Normas têm ficado mais flexíveis mas algumas regras clássicas seguem firmes e fortes

Escolher uma roupa adequada é fundamental para qualquer profissional, não apenas para passar pela entrevista e ser efetivamente contratado, mas também durante todo o percurso profissional dentro da empresa. A roupa que uma pessoa veste é como um cartão de visitas e ajuda a gerar a primeira impressão - e as seguintes também. Embora muitas referências estejam em franca transformação no mundo do trabalho, algumas recomendações clássicas seguem firmes e fortes. 

A MetLife está sempre atenta para ajudar a melhorar a qualidade de vida dos empregados de nossos clientes, adequando nossa oferta de benefícios às novas demandas do mercado. Sabemos que os funcionários querem, em primeiro lugar, sentir-se bem. E a roupa usada é um fator fundamental para o bem-estar durante a jornada de trabalho.

Por que existe um tipo de roupa ideal para o trabalho? 

A resposta para esta pergunta, claro, depende do setor de atuação da empresa. Em alguns casos, a roupa ideal envolve questões de segurança, como o jaleco dos profissionais de saúde, a roupa anti-fogo dos bombeiros ou os calçados isolantes de quem trabalha em obras de construção civil. 

No entanto, na maioria dos casos, a roupa ideal para o trabalho está apenas relacionada à imagem que o profissional passa, tanto para clientes quanto para colegas. E, claro, para os chefes também. Independentemente do ramo de atuação do profissional, é sempre útil que sua aparência passe seriedade, credibilidade e confiança. 

Informe-se para não errar no estilo

Se você é funcionário e tem dúvidas sobre como se vestir no trabalho, procure saber se o setor de recursos humanos de sua empresa disponibiliza algum tipo de manual de conduta. Caso haja algo do tipo, busque nele referências ao tipo de roupa que deve ser usada. É comum que as empresas disponibilizem regras genéricas sobre vestimenta e isso pode ajudá-lo a definir um estilo de vestir-se no trabalho.

Caso não encontre este tipo de material de referência, busque começar na empresa com as roupas mais neutras e sóbrias possíveis e, nas primeiras duas semanas, observe atentamente como seus colegas de trabalho se vestem. É muito importante identificar qual é a cultura organizacional da empresa e se o ambiente é mais formal ou mais casual. Isso influirá diretamente na escolha das suas roupas de trabalho.

Evite exageros, mas mostre sua personalidade 

Evite exagerar nas cores, estampas e peças que chamem demasiada atenção. O conselho vale para homens e mulheres. A não ser que sua empresa tenha um código de vestimenta declaradamente muito liberal, o melhor é deixar o toque personalíssimo para outras ocasiões, caso ele chame atenção demais. 

No entanto, dar algum toque pessoal é sempre bem-vindo: ter personalidade e não repetir sempre as mesmas fórmulas é algo cada vez mais valorizado no mercado e a moda também é uma forma de demonstrar tais aptidões. 

Adeque-se ao clima da cidade e à temperatura média do escritório

O clima da sua cidade e o fato do local de trabalho ter ou não ar-condicionado influenciam bastante na hora de escolher a roupa para ir trabalhar. Mesmo que o calor seja forte, evite roupas com muito decote, no caso das mulheres, ou camisas com botão aberto, no caso dos homens. 

Para adequar-se ao verão, mantenha o estilo sóbrio e discreto, priorizando os materiais mais frescos e fugindo de transparências, barriga de fora ou peças muito justas. O importante é manter-se confortável no calor, sem nunca abrir mão de uma roupa composta para o trabalho.