Ser grande é sinônimo de ser uma boa empresa para seus funcionários?

Entenda as vantagens que operações menores podem trazer para você e para todo o time da sua empresa

Entregas aceleradas, novas possibilidades para aprender, trabalhos para entregar e família para cuidar. A rotina moderna é realmente intensa e ser capaz de se cuidar em todos os momentos do dia é essencial para se manter produtivo, não é mesmo?

Toda essa velocidade pode se tornar ainda mais desgastante quando nos deparamos com rotinas empresariais burocráticas, que atrapalham o rendimento e aumentam o estresse. E aí vem a pergunta: Quando uma empresa passa a ser grande demais para cuidar de seus times?

Na MetLife nós percebemos que a atenção dedicada aos funcionários costuma mudar bastante à medida em que as instituições vão ganhando mais tamanho. Claro que essa não é uma regra, e há inúmeras grandes empresas fazendo muito pelas necessidades de seus funcionários.

Pensando nisso, listamos alguns fatores que fazem toda a diferença no gerenciamento de uma equipe que trabalha em organizações de médio e pequeno porte e como esses detalhes afetam o bem-estar da equipe.

Acreditar no trabalho é sinônimo de motivação

Operações de pequeno e médio porte conseguem manter suas equipes motivadas de forma mais direta, justamente por proporcionar proximidade entre as equipes e os objetivos estratégicos. Já as grandes empresas, pela quantidade de áreas e tamanhos das equipes, acabam ficando um pouco para trás e, por isso, devem buscar criar pequenos núcleos para que todos se sintam mais próximos do seu time e da organização. 

Conhecendo realmente a cultura e os objetivos da empresa

Uma operação menor privilegia o contato mais próximo com a cultura e com os objetivos da empresa. Realidades como essas fazem com que as equipes sejam capazes de aproveitar e valorizar a experiência de trabalho de forma mais completa, o que acaba sendo revertido em entregas de resultados consistentes e de qualidade.

Manter a equipe em sua melhor forma é mais simples

Como todos estão conectados de forma direta, incentivar melhorias na rotina de trabalho se torna mais ágil e simples. Esse modelo de contato garante não só melhores resultados, mas também pessoas engajadas na realização de suas tarefas.

Maior nem sempre é melhor

Quando pensamos em valores financeiros, visibilidade e possibilidades, o tamanho de uma empresa pode ser algo determinante dentro de uma estratégia de desenvolvimento.

No entanto, buscar o equilíbrio entre tamanho, satisfação do time, desenvolvimento e qualidade de vida (de toda a equipe) pode ser a chave para o sucesso de longa duração e com menos dor de cabeça.

E claro, não importa o tamanho do time, contar um pacote de benefícios que também contribuam para o engajamento e retenção dos talentos é essencial, e a MetLife oferece diversas opções em Seguros de Vida, Previdência Privada e Planos Odontológicos, sempre buscando o melhor para cada equipe.