13º salário: veja 7 maneiras de usar a renda extra com inteligência

Com o final do ano chegando, nossa expectativa pelo 13° salário já começa a aparecer. O dinheiro extra é sempre um reforço mais do que bem-vindo e um reconhecimento de toda nossa dedicação no trabalho. Mas nós sabemos que nem sempre é fácil planejar como usaremos o 13° de forma racional, não é mesmo?

Chegou a hora de decidir o que fazer com o dinheiro e nós, da MetLife, reunimos dicas preciosas para ajudar você a economizar e a investir esse benefício de forma inteligente. Porque acreditamos que o seu bem-estar e felicidade também estão relacionados à saúde financeira.

1- Fique livre das dívidas

Antes mesmo de o dinheiro entrar na conta, faça uma análise da sua situação financeira atual. Você está pagando algum empréstimo? A fatura do cartão de crédito está atrasada? Entrou no cheque especial? Se você tem dívidas de juros altos parceladas ou em atraso, uma dica é usar parte do salário extra para ficar livre delas.

Se possui apenas uma pequena dívida em aberto, é fácil resolver. Caso tenha mais de uma, escolha a que está atrasada ou aquela com juros mais altos. Tenha em mente que a sua tranquilidade financeira pode valer muito mais do que uma roupa nova ou um presente caro.

2- Antecipe as contas extras de janeiro

Se você não tem dívidas (ou se pagou as dívidas e ainda sobrou uma boa quantia) uma boa alternativa é usar esse dinheiro para pagar aquelas despesas extras que temos em todo começo de ano como IPTU, IPVA, matrícula escolar e seguros.

Faça uma lista de todos esses gastos e anote exatamente o valor que você vai precisar destinar para eles. Se o seu 13º não for suficiente para quitar todos, vale selecionar um ou dois e riscar esses valores da listinha de janeiro. 

3 – Escolha presentes baratos e criativos

Época de 13ª também é época de Natal e você não precisa deixar ninguém sem presente para economizar. Se educar financeiramente não é deixar de comprar, mas se organizar, pesquisar preços e escolher alternativas que estejam dentro do seu orçamento. Como fazer isso sem gastar todo o salário extra? Com planejamento e muita criatividade.

Para começar, faça uma lista de pessoas que você quer presentear. Defina um limite de gastos e não ultrapasse a sua meta. Na hora de comprar, não fique só nos shoppings. É possível encontrar ótimas opções em lojas online, feirinhas de artesanato e produtos feitos por pequenos empreendedores em centros populares de compras. E que tal fazer você mesmo um presente? Além de barato, é original e personalizado.

4 – Invista na sua qualificação

Que tal aproveitar a animação com o 13° e conseguir um emprego novo ou uma promoção em 2019? Com qualificação as suas chances de evoluir na carreira aumentam. Aproveite o 13º para investir em um bom curso. Pode ser aquela pós-graduação que você queria tanto fazer, um curso de idioma ou de especialização. Com o dinheiro na mão você pode negociar com a instituição de ensino e pagar adiantado para conseguir um bom desconto.

Se a ideia é fazer o curso mais para frente, aplique o valor e resgate quando decidir fazer a matrícula. Dessa forma você evita o risco de gastar e ainda faz o dinheiro render.

5- Planeje a viagem dos sonhos

Viajar no fim do ano pode não ser uma boa opção, já que nesta época os preços das passagens e hospedagens costumam disparar. Então, que tal investir em uma viagem futura? Escolha o seu destino dos sonhos, aplique uma parte do seu 13º e use o dinheiro para viajar na baixa temporada.

Se você não consegue tirar férias em outros meses do ano, aproveite que está com o dinheiro na mão para fugir dos parcelamentos e juros que comprometem o seu orçamento. Pague tudo que puder à vista e tente negociar descontos com hotéis e agências de turismo.

6 – Faça um agrado a você mesmo
Você está há meses “namorando” aquele sofá ou uma roupa incrível? Se tem algo que você queira muito e que não demande uma quantidade tão grande assim de dinheiro, compre. Agora que você já aliviou as suas dívidas e já sabe quanto vai gastar com presentes, por que não se render a um pequeno agrado?

Se a compra não comprometer os seus planos mais prioritários, não há mal algum em realizar um desejo de consumo. É só não exagerar. Afinal, é importante poupar e pagar dívidas, mas o dinheiro também serve para nos proporcionar prazer e conforto.

7- Adiante prestações
Se você não tem dívidas atrasadas, mas está pagando prestações do apartamento que comprou ou do carro novo, uma boa opção é adiantar parcelas. De acordo com o Código de Defesa do Consumidor, o consumidor que faz isso tem direito à redução proporcional dos juros. Ou seja: você consegue reduzir o valor total pago.

Entre em contato com a instituição na qual você tem um financiamento e negocie. O prazer de quitar uma dívida antes do prazo esperado, por incrível que pareça, não tem preço!

8 – Aplique e poupe para o futuro
Você já se organizou, separou dinheiro para as despesas extras, está sem dívidas e ainda sobrou algum dinheiro. Que tal investir uma parte do seu 13º? Afinal, se você não está precisando desse dinheiro para uma emergência, pode guardá-lo para um projeto de longo ou médio prazo, como um plano de previdência privada. Com esse investimento inicial e poupando um pouco por mês, você pode garantir uma aposentadoria tranquila.  

Aqui na MetLife temos diferentes opções de planos de previdência para os mais diferentes objetivos e necessidades. Conheça e avalie a contratação.