Como seu score é calculado pelos bancos?

Ser um bom pagador é fundamental para conseguir empréstimos e ter crédito em qualquer situação

Manter nossa saúde financeira é fundamental não apenas para que possamos garantir mais conforto e realizar nossas principais metas e sonhos, mas também porque influencia diretamente no nosso bem-estar e qualidade de vida.

De qualquer forma, sabemos que imprevistos podem acontecer ou que, em determinadas situações, precisamos de mais crédito com os bancos. E quanto melhor é o nosso score com as instituições financeiras, mais confiáveis nos tornamos.

Para você entender o que é o score e como ele influencia no nível de confiança que os bancos depositam em você, confira as dicas que separamos.

O que é o score?

O score é uma pontuação utilizada pelas instituições financeiras, principalmente pelas que oferecem empréstimos, para analisar se o cliente é um bom pagador ou não. 

Essa pontuação, geralmente, vai de 0 a 1000 e, de acordo com a faixa de pontuação, o cliente pode ser considerado um ótimo, médio ou mau pagador.

Assim, quando qualquer pessoa vai em um banco pedir um empréstimo ou solicita um novo cartão de crédito, por exemplo, a instituição verifica primeiro o score dela para depois aprovar ou não o pedido. Essa é a forma mais utilizada pelas instituições para evitar calotes de seus clientes.

Como é calculado o score?

O score é calculado levando em conta algumas informações pessoais e financeiras de cada pessoa. 

Dados pessoais

Dados como data de nascimento, endereço e CPF são consideradas para o cálculo do score. Com relação à data de nascimento, de modo geral, pessoas mais jovens costumam gastar de forma descontrolada. Isso faz com que não sejam consideradas boas pagadoras.

O endereço influencia no score porque certas regiões podem ter mais pessoas inadimplentes do que outras. Assim, se você mora onde o índice de pessoas que pagam é maior que as que devem, seu score pode aumentar. O contrário também pode acontecer.

Já o CPF serve para ver se há alguma pendência em seu nome. Se houver alguma dívida, por exemplo, seu score diminui.

Histórico financeiro

É verificado se há dívidas em aberto, assim como o seu valor, e ações judiciais; quais foram os lugares onde as dívidas foram feitas e onde já foram feitos pedidos de empréstimo.

Com essas informações é possível verificar se as compras que geraram dívidas foram feitas por impulso ou o endividamento aconteceu por conta de um imprevisto. Além de verificar se o cliente já tem um histórico de empréstimos não quitados.

Como aumentar sua pontuação no score?

Para aumentar o score ou deixá-lo sempre alto é preciso manter alguns hábitos, como: 

  • Mantenha suas contas sempre em dia;

  • Só peça um empréstimo se tiver certeza que conseguirá quitá-lo;

  • Só faça novas dívidas se não tiver mais nenhuma no nome;

  • Se está com algum empréstimo pendente, tente renegociar e quite o quanto antes.

Um bom pagador gera confiança para as instituições financeiras. Isso faz com que elas fiquem mais predispostas a conceder um empréstimo, já que terão quase certeza que terão o dinheiro de volta.