Dicas básicas para não perder dinheiro com a flutuação do câmbio

Entender como comprar e onde vender são fatores importantes para fazer o dinheiro render mais durante a viagem

Como tudo na vida, as férias precisam de planejamento, e quando a viagem tem como o destino algum lugar fora do Brasil, o processo de pesquisa para economizar e não gastar dinheiro de forma desnecessária é ainda mais importante, já que a flutuação do câmbio pode influenciar diretamente em quanto você levará de dinheiro e como gastará.

Porém, vale a pena saber que existem alguns truques bem bacanas para lidar melhor com a flutuação cambial e nossa equipe MetLife listou algumas abaixo. 

Planejamento é a palavra de ordem

Com certeza já ouvimos falar muito disso, mas o planejamento é o ponto-chave para conseguir aproveitar as melhores taxas de câmbio. 

Ao planejar suas férias e definir o país para o qual você irá, vale a pena acompanhar as oscilações cambiais e criar uma reserva para aproveitar os momentos de baixa. Com isso, economizar se torna mais simples.

Compre pequenas quantias de amigos

As pessoas costumam retornar de viagens com pequenas quantias em moeda estrangeira, e, às vezes, a venda para uma casa de câmbio pode não compensar.

Por isso, conversar com amigos e conhecidos sobre o seu interesse em adquirir moedas para viajar é uma excelente forma de economizar. Situação boa para quem vende e quem compra.

Compre pequenas quantias mensais

O planejamento também ajuda no momento de comprar a quantia certa para a viagem. Com a data definida, efetuar compras mensais, em pequenas quantidades, também pode ajudar a reduzir o impacto do investimento.

Mas vale sempre ficar atento caso o câmbio esteja flutuando demais ou caso um período de baixa acentuada surja. Se isso acontecer, vale a pena investir um pouco mais e não deixar o momento passar.

Pesquise nas casas de câmbio da sua região

Para conseguir economizar um pouco você pode pesquisar não só as casas de câmbio da sua cidade, mas também da região próxima. 

Valores podem ter mudanças significativas de cidade para cidade, principalmente por causa das taxas que cada lugar paga para negociar e transportar moeda estrangeira. Também vale ficar atento aos descontos oferecidos para valores específicos.

Evite comprar dólares no aeroporto

Possivelmente o aeroporto é o pior lugar para se fazer câmbio quando estamos viajando. Por isso, é sempre recomendado esperar sair do aeroporto para fazer a troca da moeda.

Em todo caso, se chegar ao destino sem moeda local, troque somente o necessário no aeroporto e então busque cotações mais atraentes em outras partes da cidade.