Dicas de planejamento financeiro para pais solteiros

Ser mãe ou pai solo tem seus desafios. Confira nossas dicas para passar por eles com a vida financeira em ordem

Mudanças fazem parte da vida de todos nós. E se tornar pai ou mãe solteiros pode ser uma dela. Nessas situações é preciso ter um bom planejamento financeiro para dar conta das contas da casa e da criação do filho.

Nós da MetLife compreendemos como a saúde financeira é importante para o seu bem-estar. Por isso, listamos algumas dicas para você planejar sua vida financeira sendo pai ou mãe solteira.

Faça um orçamento familiar

A primeira coisa a ser feita é criar um orçamento familiar. Pegue uma planilha online ou um papel ─ o que se sentir mais confortável ─ e anote todos os seus recebimentos e gastos. Quando você olha para os números e faz as contas do total que recebe e do que gasta é mais fácil visualizar o quanto precisa economizar.

Sendo assim, se você gasta mais do que ganha, será preciso priorizar certos itens para economizar em outros e avaliar novas fontes de renda. Porém, se há sobra de dinheiro todo mês, é hora de começar a investir em sua reserva de emergência.

Crie uma reserva de emergência

A reserva de emergência é uma garantia para quando você ficar desempregado, diminuir os clientes ou surgir alguma doença. Assim, você evita usar cheque especial ou ficar com as contas atrasadas.

O ideal é juntar uma reserva que dê para você passar, no mínimo, seis meses. Para isso, organize-se para investir mensalmente nessa reserva. Afinal, quando temos filhos é comum que apareçam imprevistos e é preciso estar preparado para esses casos.

Converse com seu filho sobre educação financeira

Além de você se educar financeiramente, é preciso ensinar seu filho desde pequeno a como lidar com o dinheiro. A partir do momento que ele já conseguir entender ou começar a pedir por brinquedos e outros itens, comece a explicar que você só poderá comprar o que for possível.

Isso é o início da educação financeira que você começará a passar para o seu filho. Quanto mais velho ele for ficando é possível passar novos conhecimentos sobre finanças e, assim, você dois se ajudam para manter o orçamento equilibrado.

Planeje-se para gastos com saúde

Quando seu filho é pequeno é comum que você gaste com pediatra, vacinas e outras emergências. Além disso, pais e mães solo precisam, eventualmente, cuidar da sua saúde.

Por isso, procure e analise a contratação de um plano de saúde. Inclua esse gasto no seu orçamento mensal. Assim, você tem uma garantia para quando precisar de atendimento.

Não esqueça do seu bem-estar

Além de seguir todas as dicas acima, é essencial que você também cuide de si mesmo. Pois, ser mãe ou pai solo exige uma grande responsabilidade e esforço. Se você não tirar um tempo para lazer e cuidados próprios poderá ficar esgotado física e mentalmente.

Além disso, tenha seus próprios objetivos e sonhos. Não é porque o seu filho é o foco que você vai se deixar de lado. Então, utilize o dinheiro de forma consciente, tanto para manter uma vida estável agora, como para, no futuro, poder conquistar sua liberdade financeira.

Siga as dicas que foram passadas até aqui e as aplique em sua vida. Perceba que com um pouco de organização e foco nos objetivos podem mudar sua vida financeira.