Micro poupança: Aprenda a guardar pequenas quantias para realizar sonhos

A ideia é utilizar o troco como mais uma forma de concretizar pequenos sonhos

Às vezes, para colocar um projeto em prática, não precisamos de muito dinheiro, mas sim de planejamento em conjunto com a forma certa de poupar.

Com isso em mente, nós da MetLife separamos algumas dicas para a criação de micropoupanças, uma forma de guardar pouco dinheiro pelo tempo necessário e transformar sonhos imediatos em realidade.

O que é micropoupança

Basicamente é uma maneira simples de guardar pequenos valores. A economia pode ser feita a partir de centavos que vão sendo guardados diariamente ou semanalmente, já que o valor empenhado não causa grande impacto na renda. 

Planejamento é essencial

Planejar é um dos principais pontos para quem quer poupar. Assim, vale ter como norte um objetivo de curto ou médio prazo, que não demande um grande investimento para ser atingido.

Como “colecionar” os valores

O termo micropoupança vem justamente da ideia de guardar pequenos valores. Mas como podemos fazer para “colecionar” essas pequenas quantias. Uma ideia muito prática é estabelecer que todo troco recebido após uma compra será direcionado para esse fim. 

Ou seja, pagou um almoço de R$ 18,90 com R$ 20,00, guarde o troco para investir. 

Como não sucumbir à tentação de gastar a quantia guardada?

No Brasil ainda não existe nenhuma instituição financeira que entregue esse sistema de poupança. No entanto, para que o objetivo de poupar seja alcançado, vale sempre a pena tirar o dinheiro de vista. 

Guardar em locais em que o acesso não seja tão fácil ou ainda deixar sob a responsabilidade de alguém de confiança, pode ser uma boa ideia para evitar os gastos compulsivos.