10 ideias de programas de final de semana gratuitos ou bem baratos

Com pesquisa e planejamento, é possível se divertir

O fim de semana é esperado com ansiedade por quem vive a correria do dia a dia. Então, que tal desconectar e aproveitar para relaxar e recarregar as energias?

Talvez, você esteja em regime de contenção de despesas, economizando dinheiro para viajar ou investindo mesmo. Mas, acredite, há diversos programas gratuitos ou muito baratos.

Preocupada com seu bem-estar e, acima de tudo, com a sua felicidade, a MetLife traz 10 dicas para você aproveitar o sábado e domingo sem estourar o orçamento.

1 - Pedalar no cartão postal da cidade

Um dos programas mais baratos e saudáveis para se fazer nos fins de semana é pedalar, apreciando a vista. Quase toda cidade de grande e médio porte tem uma ciclovia próxima a um cartão postal.

Se mora longe das ciclovias, vale também  optar por pegar um transporte público e alugar uma bike!

2 - Explorando as cachoeiras

Quase toda cidade do país tem uma cachoeira, que tal reunir os amigos para explorar uma delas? Neste caso, trata-se de um passeio para ser realizado exclusivamente em grupo. 

Mas pesquise bem o trajeto para saber se é seguro fazer uma trilha ou se há necessidade de um guia.

3 - Banho de mar noturno

Quem passa o dia na praia dificilmente resiste à tentação de provar os picolés, refrigerantes, sanduíches, entre outras iguarias oferecidas desde bem cedinho pelos ambulantes.

No verão, uma boa pedida para não gastar tanto é tomar um banho noturno. A água está quentinha, a areia bem mais vazia e o clima menos caótico. Quem ainda não experimentou, deveria tentar!

4 - Fazer um piquenique no parque

Outro programa agradável, barato e delicioso é se reunir com os amigos para fazer um piquenique. Nada como estar entre as pessoas que a gente gosta, cercado de natureza e saboreando delícias!

O segredo para gastar (muito) pouco  é organizar uma lista na qual cada um leve um snack saboroso.

5 - Visitar museus

Quantos museus há na sua cidade? Não importa se é somente um ou 20, faça uma visita! Em cidades como Rio e São Paulo, sempre há uma exposição ou instalação de um grande artista em algum espaço.

Mas, mesmo as casas de artes aparentemente simples são carregadas de histórias ricas, peças raras e detalhes comoventes.

6 - Conhecer bibliotecas

Há uma imagem equivocada de que as bibliotecas são lugares sérios e intelectualizados. Claro que o silêncio é imprescindível em um lugar destinado à leitura, mas também é um espaço democrático, que costuma ser palco de diversas atividades culturais, como contação de histórias, palestras e oficinas.

7 - Feiras temáticas

Fique de olho para acompanhar a programação de feiras temáticas onde você mora. Há cidades que mantêm, pelo menos uma vez por mês, uma feira de antiguidade, mas também são comuns as feiras gratuitas de carros antigos, entre outras curiosidades.

8 - Descobrindo a cidade com passeios culturais guiados

Diversas cidades promovem passeios culturais gratuitos, guiados por especialistas, nos quais especialistas contam a história da cidade através de prédios e monumentos. Normalmente, os historiadores revelam peculiaridades deliciosas, muito além do livro didático!

9 - Para fugir da cidade – sem precisar pegar a estrada

Plantas raras, lagos, ar fresco e uma leve impressão de que se fez uma viagem, sem sair da cidade, é uma das vantagens de estar em um jardim botânico.

Se sua cidade não tem um espaço assim, não deixe de visitar, pelo menos,  um jardim ou orquidário.

10 - Pequenas apresentações gratuitas

Converse com os amigos e, com certeza, vai descobrir que perto de casa há algum evento fixo com pequenas apresentações: chorinho na feira, sarau no praça, roda de samba na esquina! Se divertir pode ser muito mais barato do que você imagina.

Se divertir e planejar o futuro fica mais fácil quando você se planeja, conheça as ferramentas desenvolvidas pela MetLife para investir!