5 dicas para aproveitar os dias quentes e tirar o melhor do verão

Aproveite ao máximo a estação mais quente do ano

Junto do verão chegam as temperaturas altas, dias longos e muita vontade de aproveitar ao máximo a estação mais quente do ano.

No entanto, vale a pena ficar atento às maneiras de atenuar o excesso de calor e preservar nossa saúde, sem perder os melhores momentos da estação.

Por isso selecionamos cinco dicas essenciais para lidar com o calor sem deixar para trás tudo de bom que o verão pode dar.

Beba água e tome muitos banhos

Tomar água é uma dica básica, afinal de contas, manter o corpo hidratado é muito importante em todos os momentos do ano. Mas no verão, é bom somar à essa necessidade a importância dos banhos rápidos. Isso irá manter o corpo fresco e os momentos mais quentes do dia sob controle.

Roupas molhadas podem ser uma boa solução

Cores claras e tecidos leves são sempre uma boa aposta para passar pelos dias quentes de forma mais confortável. No entanto, algo que pode você também pode usar peças de roupa ainda úmidas, para que sequem no corpo. Assim, é possível permanecer fresco por mais tempo e também economiza tempo e energia com o ferro de passar.

Toalha molhada, uma forma rápida de reduzir a temperatura

Se em algum momento do dia o calor se tornar intenso demais, que tal colocar uma toalha molhada no pescoço ou na testa? Isso irá ajudar na redução drástica da temperatura corporal auxiliando nas horas de maior calor.

Bloqueie a entrada do sol e deixe o ar passar pelo ambiente

Durante as horas em que o sol está mais quente, busque formas de não deixar o sol entrar diretamente nos ambientes. Cortinas, películas e outras ferramentas são uma boa aposta. Ao amanhecer ou no final do dia, abrir janelas e portas faz o ar fresco circular. Isso deve reduzir a temperatura do espaço e deixá-lo mais confortável.

Vai para piscina ou lugares abertos? Fique atento aos horários

Dias quentes pedem água e natureza. Mas é sempre bom ficar ligado aos horários, já que permanecer exposto ao sol entre 10h e 16h não é recomendado por dermatologistas. 

Sendo assim, vale a pena planejar algumas atividades sob a proteção das árvores ou sombras artificiais, durante esse período, e retornar a se expor ao sol somente após os horários mais intensos.