A menopausa e a saúde bucal na mulher

A menopausa é uma fase da vida das mulheres em que o corpo está se adaptando à queda de hormônios. Além de ser um momento de autoconhecimento

Durante toda a vida a mulher passa por vários ciclos que afetam diretamente seu organismo. Um deles é a menopausa, em que ocorre a diminuição da produção de alguns hormônios que são essenciais para o corpoo e que afetam também a saúde bucal.

Nós da MetLife nos preocupamos com sua saúde e bem-estar. A menopausa vai chegar para todas as mulheres. Por isso é preciso entendê-la e conhecer seus sintomas para tratá-los da maneira mais eficaz.

Quando acontece a menopausa?

A menopausa é uma fase da vida que toda mulher entre os 45 e 55 anos passa por ela. Nesse período há uma mudança hormonal que ocorre de forma natural. Mas ela também pode ser provocada pela retirada do útero ou dos ovários. 

Nessa fase, a produção de estrogênio e progesterona vai diminuindo lentamente, provocando transformações no organismo. Afinal, esses hormônios são muito importantes para muitos processos que ocorrem no corpo.

Quais alterações bucais ela provoca?

A qualidade de vida da mulher é alterada durante a menopausa. O mais comum são as ondas de calor, variação na duração e quantidade de fluxo menstrual, infecções urinárias e ginecológicas, depressão, ansiedade, insônia, entre outros. 

Porém, para algumas mulheres os sintomas da menopausa não aparecem ou surgem e se intensificam conforme os hormônios diminuem mais. Isso varia de mulher para mulher e é preciso se conhecer para perceber quando começam os primeiros sintomas de menopausa. 

Entre os sintomas mais comuns da menopausa que afetam a saúde bucal, temos: boca seca, gengiva avermelhada, desconforto e sensação de alteração no paladar. A menopausa também facilita a perda de massa óssea, fazendo com que a osteoporose se desenvolva.

Essa perda de massa óssea pode atingir o maxilar, podendo levar à perda de dentes. Por isso, é muito importante que durante o período da menopausa, as mulheres façam um acompanhamento com dentista. Assim, identificado qualquer problema relacionado à menopausa, ele pode ser tratado desde o início.

Como cuidar da saúde bucal na menopausa?

É preciso ir ao dentista regularmente em todas as fases da vida. Isso não muda quando se chega na menopausa. A melhor maneira de cuidar da saúde dos dentes nesse período da vida das mulheres é continuar indo ao dentista todo ano. 

Além de ir ao dentista, é preciso continuar com higiene bucal. Isso deve ser feito utilizando fio dental, escovas macias e enxaguantes bucais. Na menopausa, com os sintomas surgindo, como boca seca, o dentista indicará produtos mais específicos, como um enxaguante bucal que promova a reposição de enzimas perdidas da saliva. 

O fluxo salivar é muito importante, pois ele é responsável pela limpeza das papilas gustativas da língua, que tem por finalidade reconhecer os sabores dos alimentos. Por isso, quando o dentista perceber que a saliva está diminuindo ele precisará agir de forma preventiva para que o fluxo salivar retorne ao normal.

Esse tratamento pode ser feito com o uso específico de enxaguante bucal, como já citado, lubrificante lingual, uso de laserterapia com infravermelho e cremes dentais apropriados. Se a mulher é fumante, os cuidados só aumentam quando chega a menopausa. Já que o cigarro pode atrair infecções e promover perdas dentárias. 

A menopausa é um período de readaptação para a mulher, visto que seu corpo está passando por uma baixa de hormônios. Essa readaptação deve ter um acompanhamento de um dentista para que haja prevenção de possíveis alterações que possam surgir.