Trabalhar a noite prejudica a saúde?

Troca o dia pela noite pode ser bastante prejudicial para a saúde, em vários aspectos

Desde quando a lâmpada elétrica foi criada, a noite também virou dia. Com a iluminação artificial, podemos fazer praticamente tudo durante 24 horas, inclusive trabalhar. Diante desse contexto, muita gente questiona se o trabalho noturno prejudica a saúde.

O nosso sono é a primeira vítima de uma série de consequências negativas que o trabalho noturno traz consigo. Quer saber mais sobre esse importante assunto? Veja este artigo que a MetLife preparou para você.

Privação do sono

Essa é o primeiro impacto negativo que o trabalho noturno traz para a saúde. O nosso relógio biológico é ajustado para dormirmos durante o período escuro. Trabalhar a noite faz exatamente o inverso, obrigando você a ficar acordado em um período em que deveria estar dormindo.

E o pior: você vai precisar dormir durante o dia, o que prejudica bastante o seu descanso, além de não permitir um sono reparador. A privação do sono em seu devido horário (noite) faz mal para nossa saúde.

Trabalhar a noite aumenta as chances de doenças

Pode até parecer um exagero, mas o trabalho noturno aumenta as chances de desenvolver doenças como pressão alta, obesidade e diabetes.

Segundo pesquisas recentes sobre esse tema, trabalhar a noite, além de causar impactos negativos em todo o organismo, aumenta os níveis de estresse pela falta do sono noturno durante longos períodos. Lembre-se: o sono durante o dia nunca será igual ao sono durante a noite, do ponto de vista clínico.

Sensação de cansaço constante

Essa é outra desagradável consequência do trabalho noturno. A maioria das pessoas que trabalham a noite sentem aquela sensação de cansaço interminável, mesmo depois de terem acabado de acordar.

E os malefícios não por aí: dificuldade de assimilar informações corretamente, lapsos de memória, mau humor constante e a perda da empatia, são outros sintomas sentidos por quem troca o dia pela noite no trabalho. Se você trabalha a noite e sente letargia praticamente o tempo inteiro, é melhor rever isso!

Menos qualidade de vida e bem-estar

Além da privação do sono noturno, aumento das chances de diabetes e pressão alta causados pelos elevados níveis de estresse e cansaço extremo, o trabalho noturno permite muito menos qualidade de vida e bem-estar aos seus adeptos.

Sua saúde e vida familiar ficam bastante comprometidas quando se trabalha a noite. Vale frisar que qualquer indivíduo que não tenha o mínimo de bem-estar e uma qualidade de vida satisfatória, tem altas chances de se tornar uma pessoa infeliz.

Por mais que as vantagens financeiras do trabalho noturno sejam maiores, coloque na balança e veja se os malefícios para a saúde compensam a troca.