Vacinas são importantes em todas as idades, entenda por quê!

Manter o cartão de vacinação em dia é garantia de prevenção de diversas doenças ao longo de toda a vida

Um assunto amplamente discutido nos dias atuais é a importância da vacina ao longo da vida. Elas atuam no sistema de defesa do nosso organismo contra agentes infecciosos e bacterianos e, por isso, é importante em todas as idades. 

Veja o que a MetLife preparou sobre o assunto e entenda um pouco mais a respeito da importância de manter o seu cartão de vacinas sempre atualizado, mesmo na fase adulta. 

Qual a importância das vacinas?

As vacinas são fundamentais para imunizar o nosso organismo contra diversos tipos de doenças altamente contagiosas que podem ameaçar nossa saúde ao longo da vida. Tétano, hepatite, rubéola, meningite, sarampo, caxumba, entre várias outras doenças, são combatidas somente com as vacinas. 

Mas engana-se quem pensa que a vacinação é somente para crianças ou adolescentes. Na fase adulta, as vacinas também são essenciais, pois algumas doenças podem se manifestar após os 30 anos de idade. Por isso, a vacinação continua sendo a forma mais segura e eficaz de prevenção, principalmente contra as doenças infectocontagiosas. 

Quais são as principais vacinas para as crianças?

A vacinação é essencial durante os primeiros anos de vida do ser humano, pois é a fase de maior vulnerabilidade. Algumas vacinas são consideradas obrigatórias e devem ser aplicadas nas crianças logo após o nascimento para garantir um crescimento mais saudável. 

3 meses de idade:  Nessa idade, o bebê precisa tomar a primeira dose da vacina contra a meningite. Quando completar 5 meses de vida, a segunda dose deve ser administrada e a dose de reforço deve ser com 1 ano e 3 meses. 

9 meses de idade: Nessa fase, a criança deve tomar a primeira dose da vacina contra febre amarela. A segunda dose deve ser quando ela completar 10 anos, repetindo a aplicação a cada 10 anos, mesmo na fase adulta.  

1 ano de idade: Chegou a hora do pequeno tomar a primeira dose da vacina tríplice viral, que protege contra sarampo, caxumba e rubéola. A segunda dose deverá ser aos 4 anos de idade. 

Quais as principais vacinas para adultos?

Vale frisar que, caso o adulto não tenha mais o seu cartão de vacinas, deve receber as doses contra as doenças relacionadas com a sua idade, após a avaliação de um especialista. As principais vacinas recomendadas para a faixa etária dos 20 aos 50 anos são:

Tríplice bacteriana: essa vacina protege contra difteria, tétano e coqueluche. A dose deve ser administrada a cada 10 anos. 

Febre Amarela: indicada para zonas de maior índice dessa doença. O recomendado é que 2 doses sejam aplicadas ao longo da vida. 

Hepatite A: deverá ser aplicada em duas doses durante a vida adulta.

Varicela: caso não haja histórico familiar, o adulto deve receber duas doses durante a vida. 

Tríplice Viral: essa vacina protege contra o sarampo, caxumba e rubéola, devendo ser administrada em duas doses.  

Herpes Zoster: Uma dose dessa vacina deve ser administrada após os 50 anos para uma completa imunização. 

Adultos com mais de 60 anos

Nessa fase, os infectologistas recomendam uma dose anual da vacina contra a gripe (Influenza). 

Está vendo com as vacinas são importantes ao longo de toda a vida? O melhor remédio ainda é a prevenção.