Como se alimentam os povos que mais vivem no planeta

Inspire-se nas populações que consomem em melhor quantidade produtos naturais

Ainda no século XX, o cuidado com a alimentação era hábito majoritariamente de atletas e profissionais de educação física. Nos dias de hoje, as coisas mudaram, e a preocupação tomou conta da sociedade, de modo geral, em busca de uma vida mais duradoura. Nessa linha, o escritor americano Dan Buetnner percorreu o mundo para investigar as regiões em que o número de pessoas centenárias adotou a saúde como foco.

Esses pontos foram retirados de locais como a ilha de Okinawa (Japão), a cidade de Lima Linda (EUA), a península de Nicoya (Costa Rica) e as regiões da Sardenha (Itália) e Icária (Grécia). Essas regiões apresentam em todos os aspectos formas de preservar a alimentação como uma religião, não é por menos que eles servem de exemplo para outros povos.

Nós, da Metlife, estamos sempre pensando em trazer conteúdos que façam nossos leitores refletirem em direção ao equilíbrio. Pensando nisso, listamos algumas dicas dos moradores dessas localidades para inspirar você a conquistar a pró-longevidade.

O que eles recomendam priorizar?

As crianças frequentemente mostram cara feia para frutas, verduras e legumes, recomenda-se que desde a infância seja mantido o costume de se aventurar com alimentos desse grupo.

Preferencialmente três vezes por semana, peixes devem fazer parte do cardápio em porções que caiba na mão. As oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas, etc) são supernutritivas. Segundo o estudo realizado pelo Imperial College London, da Inglaterra, e pela Universidade Norueguesa de Ciência e Tecnologia, comer um punhado por dia, ou aproximadamente 30 gramas, está ligado à probabilidade 22% menor de morrer mais cedo por qualquer doença.

Substituições também são bem-vindas. A tradicional farinha de trigo é rica em carboidratos, portanto, troque por uma linha mais light, como a farinha de aveia, de linhaça, de arroz ou de amêndoas.

Também nunca deixe de beber água! Os povos dessas regiões se hidratam com o líquido acima de qualquer suspeita. Boa ideia é apostar em águas saborizadas com fruta e hortelã ou consumir bebidas quentes como chás para que a ingestão de líquidos não fique comprometida.

O que se deve evitar?

Não é somente o sal prejudicial para o organismo, açúcar é veneno para as veias. O mesmo serve aos produtos industrializados como pizza, lasanha, macarrão, entre outros de fácil acesso nas prateleiras dos supermercados.

Não precisa fugir da carne no prato, porém diminua a frequência. Bifes, hambúrgueres e afins devem ser ingeridos em ocasiões especiais. Não com menos importância, o leite, de preferência, o de vaca, deve ser evitado. As opções de ovelha e cabra estão liberadas.

Planeje suas novas refeições!

Chegando em casa, comece a idealizar menus elaborados e nutritivos. Criar um objetivo de vida é fundamental para enriquecer sua saúde. A Metlife entende que essas mudanças são ricas, mas quando se trata de reflexão de vida, tudo deve ser visto de uma maneira diferente.