Calistenia: saiba tudo sobre ela e conheça suas vantagens

Mais do que fazer bem para a saúde, a calistenia aumenta a força e a flexibilidade

Em um mundo cada vez mais moderno e mutável, as pessoas se exercitam cada vez menos. Trabalho, filhos, agenda apertada, compromissos pessoais e aquela correria diária acabam tirando nosso tempo de se exercitar frequentemente.

Nós aqui da Metlife pensamos que tudo na vida pode ser diferente e que sempre podemos oferecer dicas bacanas para que você tenha mais qualidade de vida. Sua saúde agradece.

Você sabe o que é calistenia?

É uma modalidade de exercícios físicos que consiste em um conjunto de movimentos e ações que desenvolvem a musculatura de todo o corpo. O melhor de tudo é que essa prática não exige a necessidade de equipamentos.  

Uma das vantagens dela é o aumento da força e da flexibilidade com os movimentos naturais. Inclinações, pulos, balanços, alongamentos e chutes são exemplos de movimentos que fazem parte da calistenia, que utiliza o peso do corpo como resistência. 

Isso significa que, quando a calistenia é executada de forma correta, oferece vários benefícios para os músculos e o todo sistema cardiovascular. Além disso, ela melhora o equilíbrio, agilidade e coordenação.

Como praticar a calistenia?  

Por ser uma atividade bastante simples, a calistenia é amplamente utilizada em aulas de educação física. Os exercícios mais praticados são: 

Agachamento

Em pé com as pernas na linha do quadril, coluna reta e abdômen contraído, você deve descer levando o quadril para trás, sempre mantendo os joelhos na linha da ponta do pé. No agachamento, existem diversas variações que dependem do grau de flexibilidade de cada indivíduo.  

Barra fixa  

Na calistenia, esse é um dos exercícios difíceis para a maioria dos iniciantes. Com as palmas da mão virada para você e com os braços na linha do ombro, puxe até a barra chegar na linha do ombro. Não é fácil, mas treina bastante a resistência. 

Prancha

Esse é um excelente exercício que dará base para muitos outros, na calistenia. Você deve ficar de barriga para baixo e apoiar os cotovelos no chão, mantendo alinhados com o ombro. Depois disso, suba o quadril, mantendo o abdômen bem contraído, ficando nessa posição pelo tempo que aguentar. 

Flexão de braço  

É um dos exercícios mais conhecidos dentro da calistenia. Você deve se deitar com a barriga para baixo com as mãos na linha do peitoral e cotovelos voltados para fora. Após isso, tente empurrar o chão mantendo abdômen firme até extensão máxima do cotovelo. Flexione-o novamente até encostar o peitoral no chão.

Comece devagar os treinos

Existem muitos outros exercícios que fazem parte da calistenia, mas se você é iniciante da prática, é melhor começar com esses, que são mais fáceis de fazer.  Tudo é questão de prática e depois de um tempo praticando, você mesmo vai perceber que não está fazendo mais tanta força quanto fazia antes. 

Depois de ficar craque nos exercícios calistênicos acima, que tal começar a praticar outras versões mais complexas, agregando outros exercícios como a prancha, a parada de mão conhecida como bananeira,  a bandeira humana ou a flexão asteca? Essa é a calistenia.