Cuidados e exames preventivos que você deve ter aos 40 e 50 anos

Com a idade passando, alguns exames se tornam importantes para a prevenção e a boa saúde

A vida corrida que temos hoje em dia faz com que os anos passem mais rápido e quando vemos nem lembramos mais quando fizemos nosso último exame de prevenção. E quando chegamos na fase dos 40 aos 50 anos, os exames preventivos começam a fazer parte da rotina, para que a saúde se mantenha em dia.

Nós da MetLife nos preocupamos com a sua saúde e bem-estar. Por isso, separamos uma lista de exames preventivos que você precisa fazer com regularidade a partir dos 40 anos.

Exame de próstata ou papanicolau

O exame de próstata deve começar a ser realizado quando o homem chega aos 40 anos de idade. Principalmente, para quem já tem algum histórico familiar de câncer ou algum outro problema na próstata.

Já as mulheres, desde o início da vida sexual, precisam realizar anualmente o exame de Papanicolau, que serve para identificar qualquer anomalia na região da base do útero. Porém, a partir dos 40 anos, esse exame se torna ainda mais importante, já que nessa fase os riscos de miomas (tumores) nessa região aumentam.

Exame de pulmão

Para quem tem histórico na família, é ou já foi fumante, é muito importante incluir exames de pulmão na lista de check up anual. Dessa forma, qualquer tipo de anomalia pode ser identificado de forma rápida e o tratamento se torna muito mais fácil.

Exames cardíacos

Com o passar da idade, é comum que o coração e outros órgãos que compõem o sistema cardíaco fiquem mais frágeis. Isso pode ser potencializado com o sedentarismo e hábitos alimentares pouco saudáveis. O histórico familiar de alguma doença ligada ao coração também é um fator importante.

Sendo assim, é indicado realizar exame cardíaco, de pressão, de colesterol, entre outros. Esse acompanhamento deve ser feito regularmente para que se mantenha a saúde em dia.

Mamografia

A mamografia deve ser incluída na lista de exames anuais preventivos para mulheres a partir dos 40 anos. Além dele, também é importante a realização do exame de toque, que pode ser feito facilmente por qualquer mulher, em casa.

Dessa forma, é possível detectar qualquer sintoma ou anormalidade nas mamas de forma precoce, aumentando as chances do tratamento ser bem sucedido.

Índice de massa corporal

Após os 40 anos, as mulheres começam a sentir os efeitos da desregulação dos hormônios por conta da menopausa. Isso vai desde calores excessivos, aumento da sensibilidade emocional, até a variação do peso.

Outra questão importante são os hábitos alimentares, cada vez menos saudáveis. Considerando isso e o aumento do sedentarismo, temos pessoas envelhecendo cada vez mais acima do peso. Por isso, é preciso acompanhar o índice de massa corporal (IMC).

A análise dele permite ver a comparação de gordura em relação à massa magra. Assim, o médico pode indicar uma dieta mais saudável e a prática regular de exercícios físicos.

Exames complementares

É importante fazer um check  up anual para monitorar a saúde do corpo. Além dos exames acima, outros podem ser incluídos no check up anual, como hemograma, glicose, triglicerídeos, tireoide, entre outros.

Esses exames permitem identificar qualquer alteração e, assim, tratá-la no início. Lembre-se que a prevenção é a melhor solução.