Dia Nacional do Doador de sangue

Tudo que você precisa saber sobre esse gesto que salva vidas.

Celebrado no dia 25 de Novembro, o Dia  Nacional do Doador de Sangue. A data foi criada  pela Organização Mundial de Saúde (OMS) no ano de 2004. O objetivo é sensibilizar a população e aumentar o número de doadores no mundo, conscientizando-os da importância da doação de sangue e como esse gesto pode salvar vidas.

Origem

O Dia do Doador Voluntário de Sangue foi estabelecido através do Decreto de Lei nº 53.988, de 30 de junho de 1964, assinado pelo presidente Castello Branco, definindo o dia 25 de Novembro - data do aniversário da fundação da Associação Brasileira de Doadores Voluntários de Sangue - como a data oficial do doador de sangue no Brasil e mais tarde oficializado pela OMS. 

Quem pode doar sangue

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), para doar sangue é necessário seguir algumas regras, dentre as quais:

  • Estar bem de saúde e ter entre 16 e 67 anos, (Menor de 18 anos somente com termo de autorização dos pais ou responsável legal);

  • Não ter recebido sangue ou plasma há menos de 12 meses;

  • Não ter diabetes ou cardiopatia;

  • Ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas;

  • Documento de identidade com foto;

  • Não ter doado sangue há pelo menos 60 dias (homens) e 90 dias (mulheres);

  • Para mulheres, não estar amamentando, grávida e esperar até o terceiro mês após o parto para fazer a doação;

  • Não estar em estado gripal intenso ou ter tido febre nos últimos sete dias;

  • Não ter extraído dente há menos de sete dias;

  • Não ter feito piercing, acupuntura ou tatuagem há menos de 12 meses;

  • Não ter ingerido álcool quatro horas antes da doação;

  • Não estar em jejum. Evitar apenas alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem a doação;

  • Pesar no mínimo 55 kg;

  • Não ter feito cirurgia de grande porte há menos de 6 meses e de pequeno porte há menos de 3 meses;

  • Não ter tido comportamento de risco para contaminação pelo HIV ou uso de drogas injetáveis ilícitas.

Para exercer o direito de ser doador de sangue, é necessário fazer agendamento prévio.

Na semana do 25 de novembro, os serviços de hemoterapia de todo o país estão mobilizados em campanhas locais para o fortalecimento da doação de sangue. O sangue doado é utilizado para pessoas com doenças hematológicas variadas, câncer, pessoas que se submetem a cirurgias eletivas de grande porte e para emergências.

O doador de sangue tem por direitos "um dia de folga a cada doze meses de trabalho, em caso de doação voluntária de sangue devidamente comprovada". Garantido pela CLT.

Os doadores também podem celebrar o digno ato de doar sangue no dia 14 de junho, o Dia Mundial do Doador de Sangue.

Assista à live da MetLife, um bate papo entre Thais Catucci, coordenadora de Responsabilidade Social e Comunicação Interna da MetLife e a Dra. Araci Massami Sakashita, Coordenadora Médica do Banco de Sangue do Hospital Israelita Albert Einstein, sobre a importância da doação de sangue em tempo de Covid-19.

Doe vida, doe sangue!

 

Dia Nacional do Doador de Sangue| Doação voluntária de Sangue Colaboradores MetLife

25 de novembro, no dia nacional do doador de sangue, colaboradores da MetLife Brasil, fazem doação voluntária de doação de sangue no Hemocentro do Hospital Albert Einstein. Um pequeno gesto que salva vida! Doe vida, doe sangue.

*(Vídeo gravado antes da recomendação para uso de máscara.)