Cuidados com a saúde bucal na terceira idade

Descubra como preservar seus dentes ao longo de toda a sua vida

Hoje, com a evolução das práticas de prevenção e dos cuidados bucais, as pessoas vivem mais e podem manter seus dentes originais. Cerca de ¾ da população acima dos 65 anos, mantém pelo menos parte de sua dentição original. O desafio é evitar doenças bucais como: doença periodontal, câncer de boca, infecções bucais e dentárias, entre outras.

Com o suporte de seu dentista em visitas periódicas, e cuidados que você precisa praticar em casa, há muito o que você possa fazer para manter sua boca e sorriso jovens no decorrer dos anos. Na MetLife apostamos em planos odontológicos como o Sorria Mais, que traz procedimentos necessários para a manutenção da saúde bucal atendendo suas necessidades diárias para manter um sorriso saudável.

Separamos 3 dicas bem simples para que você possa adotar cuidados odontológicos desde cedo, e evitar a crença de que perder os dentes ao longo da vida é normal.

1. Procure um bom dentista e faça check-up periódico

Um bom dentista, precisa ir além e te motivar, educar e ensinar a cuidar da saúde bucal, afinal 50% do sucesso do tratamento depende do dentista e 50% do paciente. Compareça às visitas semestrais o consultório e siga os cuidados prescritos.

2. Capriche na escovação

Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia - e também sempre após as refeições - com uma escova macia, cabeça pequena, cerdas por igual e que seja trocada no máximo a cada dois meses junto com creme dental com flúor. A escovação da noite deve durar pelo menos dois minutos. Se bebeu algo ácido, faça bochecho com água antes da escovação para evitar a erosão ácida. E o mais importante: o uso do fio dental é DIÁRIO! Limpador de língua também é um aliado nessa missão.

3. Cigarro e álcool NÃO! 

Todos já sabemos dos malefícios do cigarro. Estudos mostram que fumantes perdem os dentes muito mais cedo do que os não fumantes. O motivo? O tabaco altera as defesas da gengiva e da estrutura óssea onde os dentes se fixam. A dobradinha cigarro e bebida então é um combo devastador para a saúde bucal, já que altera os tecidos da boca e os deixa ainda mais vulneráveis à ação do tabaco.