O que é ser orgânico, afinal?

Conheça um pouco mais sobre a dieta orgânica e suas vantagens para a saúde em geral

Na busca incessante por mais saúde, qualidade de vida e bem-estar, sempre procuramos formas de ter uma alimentação mais saudável no dia a dia. Acreditando que os alimentos orgânicos prolonguem a longevidade, a demanda por eles vem crescendo exponencialmente de uns anos para cá.

Mas, afinal, o que é ser orgânico? Veja o que a MetLife está abordando neste artigo e conheça as principais vantagens desses alimentos.

O que é a dieta orgânica?

Primeiramente, você precisa saber que a dieta orgânica, diferentemente da vegana, permite que se coma de tudo. Não existe nenhum tipo de restrição alimentar. O que faz uma dieta ser orgânica é o consumo de alimentos que foram cultivados sem nenhum uso de agrotóxicos ou fertilizantes.

Além disso, as carnes na dieta orgânica devem vir de animais que não ingeriram hormônios e não foram tratados ou abatidos de maneira cruel. Um tipo de carne bastante consumido na dieta orgânica são os peixes, que são extremamente saudáveis para a saúde.

Benefícios da dieta orgânica

Os adeptos da alimentação orgânica são contemplados com diversos benefícios para ter mais saúde e qualidade de vida. Como são alimentos livre de agrotóxicos, pode-se evitar as incômodas crises alérgicas ou respiratórias, sobrepeso, distúrbios hormonais, problemas neurológicos e até câncer.

Além disso, verduras e legumes orgânicos contém até 40% a mais de substâncias antioxidantes do que os tradicionais. A dieta orgânica também auxilia na desintoxicação de todo o nosso organismo, melhorando consideravelmente os problemas gastrointestinais que são originados pela química contida nos alimentos inorgânicos.

Ser orgânico custa caro?

Muita gente acredita que a dieta orgânica custa um preço astronômico e, por isso, desistem de fazer. Mas engana-se quem pensa assim. Basta fazer uma boa pesquisa no mercado que é possível encontrar alimentos orgânicos a preços bem acessíveis. Até mesmo na internet, você pode encontrar sites de empresas que comercializam produtos orgânicos.

É claro que eles são mais caros do que os convencionais, pois além de terem uma qualidade superior, são livre de agrotóxicos, que tanto prejudicam a nossa saúde. Em média, os alimentos orgânicos custam cerca de 15% a 20% mais caro do que os inorgânicos. Pagar um pouco mais caro por um alimento sem nenhum tipo de química, pode ser um ótimo negócio.

Depois de conhecer um pouco mais sobre a dieta orgânica, que tal começar a repensar seus conceitos para ter ainda mais qualidade na sua alimentação? Sua saúde agradece e muito.