Saiba como montar lancheiras equilibradas para as crianças

Alimentação saudável na escola deve refletir rotina familiar

Montar uma merenda saudável, diversificada e que ao mesmo tempo desperte o interesse das crianças, pode parecer uma tarefa difícil, mas não é impossível. Para isso, conversamos com nutricionistas para reunir algumas dicas para deixar as lancheiras do seu pequeno mais equilibradas, saudáveis e saborosas.

1- Quem é amigo e quem é inimigo

Evite refrigerantes e alimentos ultraprocessados tais como: suco de caixinha, refresco em pó, biscoitos açucarados ou salgados. Por mais práticos que sejam, evite ao máximo os pacotes!

A ideia é sempre priorizar frutas para o lanche. Frutas são ótimas aliadas. Banana, abacaxi, manga, tangerina, maçã, uva... Todas já higienizadas e fatiadas. A água é suficiente para manter a criança hidratada no recreio, mas sucos de frutas naturais deixam o lanche ainda melhor. Vegetais como cenouras baby, milho e tomatinhos cereja também podem entrar na dança. Quanto mais colorido, melhor! 

2 - Pode ter doce sim! E feito em família

Com planejamento, bolos, cookies e muffins feitos em casa são boas opções para adoçar a merenda. Fazer no fim de semana e convocar a criançada para a tarefa também pode ser divertido. Tente usar os produtos mais naturais possíveis, com fibras e o mínimo de sal e açúcar. Lembre-se sempre que: merenda é um lanche, uma refeição pequena. Não é necessário grandes porções e nem alimentos muito calóricos para sustentar uma criança.

3- A família toda precisa estar na mesma página

Fala-se muito na preocupação de que tipo de alimentação os adultos estão se comprometendo a oferecer para os filhos, mas os pais estão nessa mesma missão? Falando na relação entre adultos e crianças, não adianta querer que a criança coma saudável, que tenha uma merenda equilibrada, se a família não segue essa alimentação. Se a criança não vê nenhum adulto em casa consumindo isso diariamente - e não adianta o pai comer e a mãe não, ou vice-versa - não funciona.

A alimentação saudável deve ser a missão da família toda, porque a criança percebe o comportamento e reproduz.