Tratamento de canal: entenda os detalhes

Entenda a necessidade do tratamento de canal e a sua importância para recuperar um dente danificado

Quando um dente dói é sinal de que algo não está bem, não é mesmo? Em alguns casos é possível recuperar o dente danificado com uma rápida visita ao dentista. Em outros, é necessário uma abordagem um pouco mais específica para salvá-lo e aí surge o tratamento de canal

Nós  da MetLife procuramos fazer com que todos os momentos referentes ao cuidado com a saúde sejam simples. Não importa se isso acontece por meio de dicas para uma melhor saúde bucal ou com algumas orientações para entendermos como funciona o tratamento de canal, procedimento utilizado para salvar um dente doente. 

Como é feito o tratamento de canal? 

É importante ressaltar que o procedimento não necessariamente é doloroso. As técnicas e medicamentos para a realização do processo têm evoluído constantemente e isso é bom para o paciente e também para o dentista que irá realizar o tratamento. 

Agora, para compreender o funcionamento do tratamento de canal, é necessário perceber o dente como um organismo vivo. Seu interior é um tecido composto por vasos sanguíneos e nervos extremamente finos que podem ser afetados por uma cárie profunda ou até alguma lesão. 

Quando essa parte do dente está danificada, a ponto de não ser capaz de se recuperar sozinha, é necessária a realização da intervenção que consiste na retirada e substituição da polpa por materiais próprios dos dentistas. Isso acontece com o único objetivo de acabar com a infecção do dente doente. 

Porque fazer o tratamento de canal? 

O procedimento se faz necessário pois, após a contaminação da parte central do nervo do dente, nem mesmo antibióticos são capazes de agir para fazer o problema regredir.  

Assim, caso o tratamento correto não seja realizado dentro de um período aceitável, existe a possibilidade do quadro evoluir para um inchaço na região da face, lesões nos ossos maxilares, até casos mais graves os quais podem se tornar um foco infeccioso - resultando em abscessos (acúmulo de pus) nas regiões das vias aéreas - ou ainda das bactérias presentes no dente chegarem à corrente sanguínea (possivelmente o pior quadro). 

Quem pode tratar esse problema 

Quando o dente chega ao ponto de necessitar de um canal, o atendimento precisa ser rápido, já que a dor costuma ser intensa. Hoje, alguns prontos-socorros já possuem um profissional preparado para casos emergenciais.  

Mas no dia a dia, o dentista está apto a realizar essa operação. Já em casos mais específicos, a visita a um endodontista (profissional especializado em cuidados da polpa do dente) pode ser necessária. 

Cuidados depois do tratamento de canal  

Após a realização do canal, o dente restaurado pode permanecer sem causar nenhum problema durante toda a vida. Mas é sempre bom lembrar da importância de retornar ao seu dentista regularmente, para consultas de rotina e da manutenção dos cuidados com limpeza e higiene para que ele permaneça sempre saudável. Pensando nas mais diversas necessidades e preocupados em atendê-las, nós da MetLife temos vários planos odontológicos, com diferentes coberturas, para você cuidar ainda mais do seu sorriso.